Artigos

No seguimento dos artigos anteriormente publicados, apresentamos hoje o segundo ranking abrangendo as equipas que competem na edição de 2020/2021 da Liga NOS.

Hoje apresentamos-lhe o ranking de Outubro dos clubes da Liga NOS nas redes sociais relativamente ao seu número total de seguidores. No presente mês, o FC Porto ultrapassou os 7 milhões de seguidores.

Em termos agregados, verifica-se que o número de fãs dos clubes presentes nesta edição da Liga NOS no mês corrente corresponde a um total de 21.031.300, o que corresponde a um aumento de 1% face ao mês de Agosto. O Facebook agrega 56% dos seguidores enquanto que o Instagram representa 24%, o Twitter 18% e o Youtube 2%.

Em relação aos clubes, o FC Porto, SL Benfica e o Sporting CP permanecem no pódio com um crescimento mensal na ordem dos 1%, seguidos pelo SC Braga, sendo que os três primeiros clubes agregam 87% do total de fãs.

Nota 1: Valores arredondados às centenas.

Nota 2: Valores recolhidos a 25 de Outubro de 2020.

No seguimento dos artigos anteriormente publicados, apresentamos hoje o primeiro ranking abrangendo as equipas que competem na edição de 2020/2021 da Liga NOS.

As redes sociais são, sem dúvida, a forma mais rápida e abrangente de que os clubes dispõem para comunicar com os seus adeptos. Hoje apresentamos-lhe o ranking de Setembro dos clubes da Liga NOS nas redes sociais relativamente ao seu número total de seguidores com a entrada do CD Nacional e do SC Farense para o 9º e 16º lugares, respectivamente.

Em termos agregados, verifica-se que o número de fãs dos clubes presentes nesta edição da Liga NOS no mês corrente corresponde a um total de 20.784.800, o que corresponde a um aumento de 1% face ao mês de Agosto. O Facebook agrega 57% dos seguidores enquanto que o Instagram representa 23%, o Twitter 18% e o Youtube 2%.

Em relação aos clubes, o FC Porto, SL Benfica e o Sporting CP permanecem no pódio com um crescimento mensal na ordem dos 1%, seguidos pelo SC Braga, sendo que os três primeiros clubes agregam 88% do total de fãs.

Nota 1: Valores arredondados às centenas.

Nota 2: Valores recolhidos a 23 de Setembro de 2020.

No seguimento dos artigos anteriormente publicados, apresentamos hoje o último ranking abrangendo as equipas que competiram na edição de 2019/2020 da Liga NOS.

As redes sociais são, sem dúvida, a forma mais rápida e abrangente de que os clubes dispõem para comunicar com os seus adeptos. Hoje apresentamos-lhe o terceiro ranking dos clubes da Liga NOS nas redes sociais relativamente ao seu número total de seguidores.

Em termos agregados, verifica-se que o número de fãs dos clubes presentes nesta edição da Liga NOS no mês corrente corresponde a um total de 20.523.500, o que corresponde a um aumento de 1% face ao mês de Julho. O Facebook agrega 57% dos seguidores enquanto que o Instagram representa 23%, o Twitter 18% e o Youtube 2%.

Em relação aos clubes, o FC Porto, SL Benfica e o Sporting CP permanecem no pódio com um crescimento mensal na ordem dos 1%, seguidos pelo SC Braga, sendo que os três primeiros clubes agregam 88% do total de fãs.

Nota 1: Valores arredondados às centenas.

Nota 2: Valores recolhidos a 26 de Agosto de 2020.

Siga-nos no Facebook https://www.facebook.com/FootballIndustry e no Instagram https://www.instagram.com/football.industry/

As redes sociais são, sem dúvida, a forma mais rápida e abrangente de que os clubes dispõem para comunicar com os seus adeptos. Hoje apresentamos-lhe o terceiro ranking dos clubes da Liga NOS nas redes sociais relativamente ao seu número total de seguidores. Nesta edição foram adicionados os números do Youtube.

Em termos agregados, verifica-se que o número de fãs dos clubes presentes nesta edição da Liga NOS no mês corrente corresponde a um total de 20.278.500, o que corresponde a um aumento de 0,5% face ao mês de Junho não contabilizando os números do Youtube de Julho. O Facebook agrega 58% dos seguidores enquanto que o Instagram representa 22%, o Twitter 18% e o Youtube 2%.

Em relação aos clubes, o FC Porto, SL Benfica e o Sporting CP permanecem no pódio com um crescimento mensal na ordem dos 0,5%, seguidos pelo SC Braga, sendo que os três primeiros clubes agregam 88% do total de fãs.

Nota 1: Valores arredondados às centenas.

Nota 2: Valores recolhidos a 20 de Julho de 2020.

Siga-nos no Facebook https://www.facebook.com/FootballIndustry e no Instagram https://www.instagram.com/football.industry/

As redes sociais são, sem dúvida, a forma mais rápida e abrangente de que os clubes dispõem para comunicar com os seus adeptos. Hoje apresentamos-lhe o segundo ranking dos clubes da Liga NOS nas redes sociais relativamente ao seu número total de seguidores.

Em termos agregados, verifica-se que o número de fãs dos clubes presentes nesta edição da Liga NOS no mês corrente corresponde a um total de 19.753.600, o que corresponde a um aumento de 0,2% face ao mês de Maio. O Facebook continua a agregar 59%, embora alguns clubes tenham registado quebras, enquanto que o Instagram passou a representar 23% e o Twitter 18%.

Em relação aos clubes, o FC Porto, SL Benfica e o Sporting CP permanecem no pódio com um crescimento mensal na ordem dos 0,1%, seguidos pelo SC Braga, sendo que os três primeiros clubes agregam 88% do total de fãs (menos 1% face ao mês anterior).

 

Nota 1: Valores arredondados às centenas.

Nota 2: Valores recolhidos a 19 de Junho de 2020.

Siga-nos no Facebook https://www.facebook.com/FootballIndustry e no Instagram https://www.instagram.com/football.industry/

As redes sociais são, sem dúvida, a forma mais rápida e abrangente de que os clubes dispõem para comunicar com os seus adeptos. Hoje apresentamos-lhe o primeiro ranking dos clubes da Liga NOS nas redes sociais relativamente ao seu número total de seguidores.

Em termos agregados, verifica-se que o número de fãs dos clubes presentes nesta edição da Liga NOS corresponde a um total de 19.722.800. O Facebook agrega 59% enquanto que o Instagram representa 22% e o Twitter 19%.

Em relação aos clubes, o FC Porto, SL Benfica e o Sporting CP ocupam o pódio, seguidos pelo SC Braga, sendo que os três primeiros clubes agregam 89% do total de fãs.

Nota 1: Valores arredondados às centenas.

Nota 2: Valores recolhidos a 20 de Maio de 2020.

Siga-nos no Facebook https://www.facebook.com/FootballIndustry e no Instagram https://www.instagram.com/football.industry/

Amanhã decorrerá no Etihad Stadium o 146º confronto em competições oficiais entre o Manchester City e o Manchester United sendo a 7ª e 8ª posições da Barclays Premier League 2013/2014 ocupadas, respetivamente, por estes dois clubes, neste momento. Como já vem sendo hábito, o Football Industry apresenta um conjunto de quadros comparativos entre ambos os clubes dividido em três áreas distintas: Finanças, Desempenho Desportivo e Web.
O referido comparativo permite-nos ter uma visão global dos dois clubes, da sua dimensão e das possibilidades de ambas as equipas neste confronto e na competição.
FINANÇAS
Ao nível das receitas, o Manchester United apresenta uma situação mais fortalecida ocupando a 3ª posição da Deloitte Football Money League 2013 comparativamente com o 7ª posto do Manchester City. Relativamente à estrutura de receitas dos dois clubes, verifica-se que o City apresenta uma maior dependência face às receitas de direitos televisivos e comerciais enquanto que a estrutura dos reds é mais repartida entre as três áreas. Contudo, nas últimas dez épocas, o Manchester City tem conseguido alcançar um crescimento assinalável, devido ao esforço de crescimento do clube e dos seus proprietários, mais do que triplicando as suas receitas. Verifica-se também que o Manchester United tem apresentado melhores resultados nas competições da UEFA tendo por isso arrecadado receitas superiores através desta via. Simultaneamente, os reds apresentam uma marca mais valiosa e melhores assistências embora o plantel do City seja considerado mais valioso. Finalmente, os blues não apresentaram resultados animadores no seu último relatório e contas, tendo registado um resultado líquido bastante negativo e custos com o pessoal superiores ao do seu rival, embora tendo uma dívida líquida inferior.
[table id=284 /]
DESEMPENHO DESPORTIVO
O Manchester United apresenta também um maior domínio na componente desportiva tendo saído vitorioso por 60 vezes dos 145 confrontos em competições oficiais entre estas equipas comparativamente com os 40 triunfos do Manchester City. Relativamente aos restantes indicadores de desempenho desta época, apresentados na tabela em baixo, verifica-se um maior domínio por parte dos blues.
[table id=285 /]
WEB
No que diz respeito à componente online, a estratégia do Manchester United tem vindo a ser alterada estando agora também presente no Twitter e Google +. Assim, embora o City tenha mais seguidores nestas duas redes sociais, o seu rival domina no Facebook. Nesta rede social, o Manchester City apenas apresenta 17% do número de fãs do seu rival. Em relação aos websites dos dois clubes, atualmente, o manutd.com está melhor colocado tanto a nível nacional como internacional.
[table id=283 /]
Notas: (1) Dados recolhidos a 21 de Setembro de 2013; (2) Na contagem dos troféus foram consideradas as seguintes competições: Campeonato do Mundo de Clubes, UEFA Champions League, Supertaça Europeia, Taça das Taças, Taça Intercontinental, Taça UEFA, Liga Inglesa, Supertaça de Inglaterra, Taça da Liga Inglesa e Taça de Inglaterra.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

A Final da UEFA Champions League trata-se do evento desportivo anual com maior audiência televisiva e através das plataformas de media social a nível mundial.
A vitória do FC Bayern München contra o Borussia Dortmund foi transmitida em mais de 200 países para uma audiência global média estimada em 150 milhões e um alcance global de mais de 360 milhões de telespectadores.
O site UEFA.com registou um aumento de tráfego, em termos homólogos, de 13% em visitas e 25% em número de visitantes na página inicial da competição.
A UEFA recorreu também a plataformas digitais chave, tais como o Twitter, o Facebook, o Google+ e o YouTube, ampliando o seu número de seguidores nas redes socias para cerca de 22 milhões.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

UEFA Champions League final is the world’s most-watched annual sporting event on television and social media platforms.
FC Bayern München‘s victory against Borussia Dortmund was broadcasted in more than 200 countries to an estimated global average audience of 150 million and a projected global unique reach of over 360 million viewers.
UEFA.com registered a traffic increase with a 13% year-on-year growth in visits and 25% in visitors to the competition’s homepage.
UEFA also used key digital platforms such as Twitter, Facebook, Google+ and YouTube, extending the number of followers of UEFA’s official social media channels to around the 22 million mark.

Next Monday will take place at Old Trafford the 144th clash in official competitions between Manchester United and Manchester City being the top two positions of Barclays Premier League occupied, at the moment, respectively, by these two clubs separated by 15 points. As has been usual, Football Industry presents a set of comparative tables between both clubs divided into three distinct areas: Web, Finance and Sports Performance.
Such comparisons allows us to have an overview of the two clubs, their dimension and the chances of both teams.
WEB
Regarding the online component, the strategy of Manchester United differs from the one adopted by its rival. In fact, Manchester City is present in various social networks having reached an interesting number of followers although, with regard to Facebook, is still quite far from United. In this social network, Manchester City has only 15% of the number of fans of its rival. Regarding the websites of both clubs, currently, manutd.com is in a better position both at a national and international level.
[table id=92 /]
Note: Manchester United’s Twitter belongs only to its Press Office.
FINANCE
In terms of revenues, Manchester United presents stronger figures occupying the third position in Deloitte Football Money League 2013 compared to the seventh position of Manchester City. Regarding the revenue structure of the clubs, City has a greater dependence on revenues from TV rights and commercial deals while the Reds structure is more divided between the three sources. However, in the last ten seasons, Manchester City has managed to achieve a remarkable growth, due to the effort to evolve of the club and its owners, more than tripling its revenues. Moreover, Manchester United has shown better results in UEFA competitions and, therefore, gathered higher revenues through this source. Simultaneously, the Reds have a more valuable brand and a better average attendance although the squad of City is considered more valuable. Finally, the Blues did not show encouraging results in their latest report and accounts having recorded a negative net result and personnel costs that exceed the ones of their rival in spite of having a lower net debt.
[table id=93 /]
SPORTS PERFORMANCE
Manchester United also has a greater dominance in the sports performance area having been victorious 59 times in the 143 clashes in official competitions between these teams compared with the 39 triumphs of Manchester City. Regarding the remaining performance indicators during this season, shown in the table below, there is a greater balance between both teams.
[table id=94 /]
Notes: (1) Data collected on March 31, 2013, (2) When counting the number of trophies won were considered the following competitions: FIFA Club World Cup, UEFA Champions League, UEFA Super Cup, Cup Winners Cup, Intercontinental Cup, UEFA Cup, Premier League, FA Community Shield, English League Cup and FA Cup.
Follow us on Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry