Artigos

O índice “Football Industry Return on Investment Index” procura analisar o impacto do investimento realizado pelos clubes no mercado de transferências de 2013/14 no seu desempenho na liga nacional. Este impacto é verificado comparando os pontos acumulados pelo clube até ao momento com o número que apresentava em 2012/13, à mesma jornada, sendo esta diferença posteriormente confrontada com o investimento realizado.
A título de exemplo, o Liverpool, à 17ª jornada da época corrente, apresenta um crescimento de 0,23 pontos, face a 2012/13, por cada milhão de Euros investido no mercado de transferências de 2013/14.
[table id=321 /]
NOTAS: (1) Pontos Adicionais por cada Milhão Investido = Diferença Pontual, à mesma jornada, entre 2013/14 e 2012/13 : Investimento realizado no Mercado de Transferências de 2013/14; (2) Taxa de Câmbio 01 Novembro de 2013: 1 GBP = 1,19708 EUR; (3) Apenas foram consideradas as equipas que permaneceram nas ligas analisadas entre 2012/13 e 2013/14; (4) Dados analisados até 24 de Dezembro de 2013: Bundesliga – 17ª jornada, Ligue 1 – 19ª jornada, Liga BBVA – 17ª jornada, Barclays Premier League – 17ª jornada, e Serie A – 17ª jornada.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Numa altura em que as principais ligas se encontram paradas devido aos compromissos das selecções nacionais, o Football Industry apresenta-lhe uma lista de 50 jogadores que têm sido influentes nas suas equipas em 2013/2014 tendo sido responsáveis por uma percentagem significativa do total de golos das mesmas nas ligas locais.
Nesta lista destacam-se dois portugueses: Cristiano Ronaldo (46% dos golos do Real Madrid) e Nélson Oliveira (44% dos golos do Rennes).
[table id=314 /]
Siga-nos no Facebook! http://facebook.com/footballindustry

Numa altura em que se aproxima o mercado de transferências de Inverno, o Football Industry apresenta-lhe o investimento realizado pelos clubes das 5 principais ligas europeias no verão de 2013 (Barclays Premier League, Bundesliga, Liga BBVA, Ligue 1 e Serie A).
Real Madrid, Monaco, Tottenham, Manchester City e Paris Saint-Germain destacaram-se dos restantes clubes tendo estado envolvidos em transferências milionárias de estrelas como Bale, Isco, Falcao, James Rodriguez, Lamela, Soldado, Fernandinho, Negredo, Cavani e Marquinhos.
[table id=312 /]
Siga-nos no Facebook! http://facebook.com/footballindustry

Na edição de 2011/2012 da Bundesliga, a Liga Alemã, apenas o Schalke 04 terminou o campeonato na posição correspondente à que ocupou no ranking por salário médio anual pago por jogador nessa época.
De uma perspetiva positiva, o Hannover 96 conseguiu alcançar o 7º posto na competição registando o 13º valor salarial mais elevado entre os 18 clubes da liga alemã. Na perspetiva oposta, o Hamburger e o Koln foram os casos de menor sucesso ficando apenas na 15ª e 17ª posições com o 9º e 11º salários anuais médios por jogador mais elevados, respetivamente.
Globalmente, o salário anual médio por jogador na Bundesliga decresceu 7% entre 2010/2011 e 2011/2012 passando de cerca de 1,63 para 1,38 milhões de Euros. Em 6 dos 16 clubes que se mantiveram na principal divisão do futebol alemão, registou-se uma subida do valor médio pago, sendo o Wolfsburg o caso mais significativo (crescimento de 33%).
Finalmente, é também de salientar a grande diferença entre o valor médio do Bayern Munchen comparativamente com os restantes clubes. O valor do Bayern foi 7,1 vezes superior ao do Augsburg, clube que apresenta o montante mais baixo.
[table id=251 /]
Nota: Taxa de câmbio a 14 de Junho de 2013: 1 GBP = 1,1771 EUR

After the huge on-pitch success of Bayern Munchen this season, the German club took the lead of the 2013 edition of the ranking compiled by Brand Finance which includes the 50 world’s most valuable football brands.
Inversely, Manchester United went on to take the second place in the ranking being, however, beyond Real Madrid, the only team with an AAA+ rating assigned by Brand Finance.
Spanish and Italian clubs have seen their growth be affected by adverse economic conditions. On the other hand, Brazilian and Turkish clubs registered significant growth rates associated with the emerging economies of their countries and the passion of their supporters.
The average growth of the 50 brands within the ranking was 7% adding together a total value of 6,647 million Euros. Currently, the 50 clubs represented are associated with 10 different suppliers of sports equipment (the lead belongs to Adidas with 18 clubs followed by Nike with 14).
[table id=239 /]
The ranking includes clubs from ten different countries being England and Germany the two ones most represented (14 and 8 clubs respectively) aggregating more than 50% of the total value of the 50 brands.
[table id=238 /]
Note: Exchange rate May 29, 2013: 1 USD = 0,772821 EUR.

Após o enorme sucesso desportivo do Bayern Munchen esta temporada, o clube alemão assumiu a liderança da edição de 2013 do ranking elaborado pela Brand Finance que integra os 50 clubes com as marcas mais valiosas do futebol mundial.
No sentido inverso, o Manchester United passou a ocupar o segundo lugar do ranking sendo, no entanto, além do Real Madrid, a única equipa com um rating AAA+ atribuído pela Brand Finance.
Os clubes espanhóis e italianos viram o seu crescimento ser afetado por condições económicas adversas. Por outro lado, os clubes brasileiros e turcos registaram taxas de crescimento significativas associadas às economias emergentes dos seus países e à paixão dos seus adeptos.
O crescimento médio das 50 marcas que integram o ranking foi de 7% somando, em conjunto, um valor total de 6.647 milhões de Euros. Atualmente, os 50 clubes representados estão associados a 10 diferentes fornecedores de equipamento desportivo (a liderança pertence à Adidas com 18 clubes seguida da Nike com 14).
[table id=235 /]
O ranking inclui clubes originários de dez países diferentes sendo a Inglaterra e a Alemanha os dois mais representados (14 e 8 clubes respetivamente) agregando mais de 50% do valor total das 50 marcas.
[table id=236 /]
Nota: Taxa de câmbio 29 Maio de 2013: 1 USD = 0,772821 EUR.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

After the end of the UEFA Europa League, we present some key figures of the 2012/2013 edition regarding the games, teams and players that took part in this competition.
 
Games: 204
Teams: 56
Players: 1,238 (average of 22 per team)
Goals: 521 (2.6 per game)
Headed Goals: 115 (0.6 per game)
1-15 Minute Goals: 50 (9.6%)
16-30 Minute Goals: 87 (16.7%)
31-45 Minute Goals: 68 (13.1%)
– Additional Time (1st half) Goals: 11 (2.1%)
– 46-60 Minute Goals: 85 (16.3%)
– 61-75 Minute Goals: 86 (16.5%)
– 76-90 Minute Goals: 91 (17.5%)
– Additional Time (2nd half) Goals: 39 (7.5%)
– Extra Time (1st half) Goals: 2 (0.4%)
– Extra Time (2nd half) Goals: 2 (0.4%)
Penalties Scored: 39
Penalties Denied: 14
– Offsides: 1.008 (4.9 per game)
– Fouls: 5,227 (25.6 per game)
Corner Kicks: 1,960 (9.6 per game)
– Yellow cards: 834 (4.1 per game)
– Red Cards: 45 (0.2 per game)
Top 3 Best Scorers: 1st – Libor Kozák, Lazio (8 Goals, Accuracy 47%, scored every 77 minutes), 2nd – Edinson Cavani, Napoli (7 goals; Accuracy 26%, scored every 66 minutes); 3rd – Óscar Cardozo, Benfica (7 goals, 32% Accuracy, scored every 84 minutes)
Top 3 Players with More Assists: 1st – Jose Barkero, Levante (6), 2nd – Juan Mata, Chelsea (6), 3rd – Fredy Guarin, Internazionale (4)
– Top 3 Players with More Shots on Target: 1st – Óscar Cardozo, Benfica (17 shots, 1.89 per game), 2nd – Samuel Eto’o, Anzhi (17 shots, 1.7 per game), 3rd – Fernando Torres, Chelsea (15 shots, 1.7 per game)
Teams with More Goals per game: 1st – Young Boys, Switzerland (2.33), 2nd – Dnipro, Ukraine (2.13), 3rd – Internazionale, Italy (2)
Goals per Match Finalists: Chelsea, England (1.89); Benfica, Portugal (1.67)
Top 3 Teams with More Shots on Target: 1st – Basel, Switzerland (73), 2nd – Stuttgart, Germany (71), 3rd – Lazio, Italy (65)
Commercial Gross Revenues (Euros): 225 million
Revenues Distributed to Clubs (Euros): 168,75 million
 
Follow us on Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Após o termino da UEFA Europa League, apresentamos alguns números-chave da edição de 2012/2013 referentes aos jogos, equipas e jogadores que fizeram parte desta competição.
 
– Jogos: 204
– Equipas: 56
– Jogadores: 1.238 (média de 22 por equipa)
– Golos: 521 (2,6 por jogo)
– Golos de Cabeça: 115 (0,6 por jogo)
– Golos Minuto 1-15: 50 (9,6%)
– Golos Minuto 16-30: 87 (16,7%)
– Golos Minuto 31-45: 68 (13,1%)
– Golos Descontos 1ª Parte: 11 (2,1%)
– Golos Minuto 46-60: 85 (16,3%)
– Golos Minuto 61-75: 86 (16,5%)
– Golos Minuto 76-90: 91 (17,5%)
– Golos Descontos 2ª Parte: 39 (7,5%)
– Golos 1ª Parte do Prolongamento: 2 (0,4%)
– Golos 2ª Parte do Prolongamento: 2 (0,4%)
– Penalties Marcados: 39
– Penalties Defendidos: 14
– Foras de Jogo: 1.008 (4,9 por jogo)
– Faltas: 5.227 (25,6 por jogo)
– Cantos: 1.960 (9,6 por jogo)
– Cartões Amarelos: 834 (4,1 por jogo)
– Cartões Vermelhos: 45 (0,2 por jogo)
– Top 3 Melhores Marcadores: 1º – Libor Kozák, Lazio (8 Golos; Eficácia 47%; um golo a cada 77 minutos); 2º – Edinson Cavani, Napoli (7 Golos; Eficácia 26%; um golo a cada 66 minutos); 3º – Óscar Cardozo, Benfica (7 Golos; Eficácia 32%; um golo a cada 84 minutos)
– Top 3 Assistências: 1º – José Barkero, Levante (6); 2º – Juan Mata, Chelsea (6); 3º – Fredy Guarín, Internazionale (4)
– Top 3 Remates à Baliza: 1º – Óscar Cardozo, Benfica (17 Remates, 1,89 por jogo); 2º – Samuel Eto’o, Anzhi (17 Remates, 1,7 por jogo); 3º – Fernando Torres, Chelsea (15 Remates, 1,7 por jogo)
– Equipas com mais Golos por Jogo: 1º – Young Boys, Suíça (2,33); 2º – Dnipro, Ucrânia (2,13); 3º –Internazionale, Itália (2)
– Golos por Jogo Finalistas: Chelsea, Inglaterra (1,89); Benfica, Portugal (1,67)
– Top 3 Equipas com mais Remates à Baliza: 1º – Basel, Suíça (73), 2º – Stuttgart, Alemanha (71); 3º – Lazio, Itália (65)
– Receitas Comerciais Brutas (Euros): 225 milhões
– Receitas Distribuídas pelos Clubes Participantes (Euros): 168,75 milhões
[youtube id=”1rEBL28RC5A”]
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry