Artigos

As redes sociais são, sem dúvida, a forma mais rápida e abrangente de que os clubes dispõem para comunicar com os seus adeptos. Hoje apresentamos-lhe o terceiro ranking dos clubes da Liga NOS nas redes sociais relativamente ao seu número total de seguidores. Nesta edição foram adicionados os números do Youtube.

Em termos agregados, verifica-se que o número de fãs dos clubes presentes nesta edição da Liga NOS no mês corrente corresponde a um total de 20.278.500, o que corresponde a um aumento de 0,5% face ao mês de Junho não contabilizando os números do Youtube de Julho. O Facebook agrega 58% dos seguidores enquanto que o Instagram representa 22%, o Twitter 18% e o Youtube 2%.

Em relação aos clubes, o FC Porto, SL Benfica e o Sporting CP permanecem no pódio com um crescimento mensal na ordem dos 0,5%, seguidos pelo SC Braga, sendo que os três primeiros clubes agregam 88% do total de fãs.

Nota 1: Valores arredondados às centenas.

Nota 2: Valores recolhidos a 20 de Julho de 2020.

Siga-nos no Facebook https://www.facebook.com/FootballIndustry e no Instagram https://www.instagram.com/football.industry/

No seguimento do artigo publicado em Junho de 2013, apresentamos o primeiro ranking atualizado do número de fãs no Facebook dos clubes que vão competir na Barclays Premier League 13/14.
Relativamente à totalidade dos clubes, com a entrada do Cardiff City, Hull City e Crystal Palace e a saída do Wigan, Reading e Queens Park Rangers, verifica-se que, entre Junho e Julho de 2013, o número de fãs cresceu cerca de 1% (inferior ao período anterior) atingindo os 89,8 milhões de seguidores.
Relativamente às posições ocupadas pelos clubes, não se registaram quaisquer alterações. O Manchester United, o Chelsea e o Arsenal continuam a ocupar o pódio, seguidos pelo Liverpool. Em conjunto, os quatro primeiros clubes agregam 88% do total de fãs sendo 38% do Manchester United.
Os clubes que apresentaram as maiores taxas de crescimento foram o West Bromwich e o Southampton.
[table id=262 /]
Nota 1: Valores arredondados aos milhares.
Nota 2: Valores recolhidos a 22 de Julho de 2013.