Artigos

Com a Liga NOS ainda a aguardar o seu início, o Football Industry analisou o desempenho dos 83 jogadores que ocupam as posições mais avançadas dos 18 clubes que fazem parte da competição e que participaram em pelo menos 50% dos jogos. Os indicadores analisados foram a sua eficácia (taxa de conversão – percentagem de remates transformados em golo) e a sua influência na equipa (peso dos seus golos no total do clube).

Eficácia

No que respeita à análise da taxa de conversão, Carlos Vinicius do SL Benfica destaca-se na primeira posição com 32% tendo marcado 15 golos em 22 jogos. É também, neste ranking, o que mais golos marcou até ao momento seguido de Fábio Abreu do Moreirense FC, Sandro Lima do Gil Vicente FC e Paulinho do SC Braga todos eles com 10 golos até ao momento. Dos 20 jogadores, apenas 4 pertencem a SL Benfica, FC Porto e Sporting CP. É importante também reforçar que não se trata de um ranking de golos marcados, mas sim, de um ranking de eficácia face ao número de remates efectuados por jogo transformados em golos.

Influência

Relativamente à sua influência (peso dos seus golos no total da equipa), Sandro Lima do Gil Vicente FC (15º mais eficaz) é o avançado mais influente até ao momento contabilizando 40% do total de golos da sua equipa e tendo participado em todos os jogos da Liga NOS. Observa-se também que 11 dos 20 jogadores que fazem parte do ranking dos avançados mais eficazes, fazem também parte da lista de atletas mais influentes.