Artigos

No seguimento do artigo publicado em Março de 2013, apresentamos o ranking atualizado do número de fãs no Facebook dos clubes que irão competir na Série A 2013 do Brasil.
Relativamente à totalidade dos clubes, verifica-se que, entre Março e Abril de 2013, o número de fãs cresceu cerca de 3% (igual ao período anterior) atingindo os 14,9 milhões de seguidores.
A classificação dos clubes manteve-se inalterada sendo que, o Corinthians, o Flamengo e o São Paulo continuam a ocupar o pódio, seguidos pelo Santos. Em conjunto, os dois primeiros clubes agregam 48% do total de fãs sendo 25% do Corinthians.
O clube que apresentou a maior taxa de crescimento foi a Portuguesa (8%) ao passar de 12.000 para 13.000 fãs, seguido do Grêmio (7%) e do Atlético Paranaense (7%).
[table id=161 /]
Nota 1: Valores arredondados aos milhares.
Nota 2: Valores recolhidos a 24 de Abril de 2013.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Entradas e Saídas de Jogadores por Região
O mercado europeu agregou a maioria das entradas e saídas de jogadores em 2012. Os mercados africano e norte americano foram aqueles que mais no último ano tendo-se registado uma quebra na América do Sul e Ásia.
[table id=145 /]
Países mais Activos no Mercado de Transferências em 2012
Relativamente aos países mais activos no mercado em 2012, verifica-se sobretudo uma tendência para a entrada de um maior número de jogadores estrangeiros no mercado inglês e uma maior internacionalização do jogador espanhol, certamente fomentada pelas conquistas da selecção nacional espanhola. Em termos percentuais, os países com maior crescimento no número de entradas foram o Iraque (342%), Costa do Marfim (322%) e Libéria (300%). Relativamente às saídas, o top 3, em termos percentuais, é composto pelo Gabão (75%),Hong Kong (72%) e Malásia (69%).
[table id=146 /]
Saldo de Entradas e Saídas de Jogadores (€)
No que respeita ao saldo de cada país entre receitas e gastos relacionados com transferências, o Brasil e Portugal lideram o top 10 de países cujos benefícios foram superiores aos gastos enquanto que a Inglaterra e a Rússia lideram, de forma destacada, o top 10 dos que despenderam valores superiores aos seus ganhos.
[table id=147 /]
Salário Médio pago a Jogadores transferidos para os 6 Países mais Activos no Mercado em 2012 (compensação fixa)
No que concerne a este aspecto, verifica-se ainda uma grande disparidade entre os mercados europeus e sul americanos.
[table id=148 /]
Comissões Pagas a Intermediários em Transferências Internacionais
Inglaterra, Itália e Rússia lideram o top 10 dos países que mais pagaram a intermediários sendo que o primeiro e terceiro lideram o top de países que gastaram mais do que amealharam.
[table id=149 /]
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Na passada semana, a FIFA Transfer Matching System GmbH publicou o “Global Transfer Market 2012” que apresenta dados relativos às transferências internacionais de jogadores profissionais de futebol com idade igual ou superior a 18 anos. O relatório abrange mais de 200 países e 5.600 clubes profissionais. A visão da FIFA TMS, que controla informaticamente o processo de transferências de jogadores, passa por fomentar e sustentar um mercado global de transferências transparente, baseado na integridade, responsabilidade e inovação.
Principais números do mercado em 2012:

  • 11.552 transferências internacionais realizadas com sucesso (crescimento de 1% em relação a 2011);
  • Globalmente, os países europeus foram os mais ativos;
  • 64% das transferências ocorreram em Janeiro, Julho e Agosto de 2012;
  • A 31 de Janeiro e 31 de Agosto de 2012, ocorreu uma transferência de 5 em 5 minutos;
  • A nacionalidade mais representada no mercado de transferências foi a brasileira seguida da argentina e das pertencentes ao Reino Unido (portuguesa em 10º);
  • Idade média dos jogadores transferidos internacionalmente: 24 anos e 10 meses (igual a 2011);
  • 39% das transferências internacionais envolveram jogadores com idades compreendidas entre os 20 e 24 anos;
  • 70% das transferências internacionais realizadas envolveram atletas em final de contrato ou sem qualquer vínculo (igual a 2011), 12% envolveram empréstimos entre clubes (36% com compensação monetária), 10% foram compras de jogadores (85% com compensação monetária) e 8% foram regressos de empréstimos;
  • 14% das transferências internacionais realizadas envolveram compensações monetárias entre clubes;
  • 67% dos clubes pertencentes às associações tuteladas pela FIFA adquiriram pelo menos um atleta e 79% venderam pelo menos um jogador;
  • Total de compensações entre clubes: 2 mil milhões de Euros (quebra de 10% face a 2011);
  • Compensação média entre clubes: 1,2 milhões de Euros (quebra de 11% em relação a 2011);
  • Duração média do contrato de jogadores adquiridos a custo zero: 1 ano e 4 meses;
  • Duração média do contrato de jogadores adquiridos mediante uma compensação monetária: 3 anos;
  • Duração média do contrato de empréstimo: 10 meses;
  • Salário anual fixo médio dos jogadores transferidos para Itália (país com o salário médio mais elevado entre os seis países mais activos no mercado): 550 mil Euros;
  • Salário anual fixo médio dos jogadores transferidos para o Brasil (país mais activo em 2012 registando 11% das transferências): 61 mil Euros.

Pode ler a segunda parte do artigo clicando aqui: Mercado de Transferências – Parte II
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Entre Março e Abril de 2013, registou-se um aumento de cerca de 2% (inferior ao período anterior) do número total de fãs dos clubes que integram a Serie A de Itália, correspondendo a 541 mil novos seguidores. Neste período, registou-se a troca de posições entre a Fiorentina (de 16º para 14º) e o Pescara.
O AC Milan encontra-se na primeira posição com uma distância considerável para os restantes alcançando 61% do total de fãs dos clubes da Serie A. A Juventus e o Internazionale ocupam os restantes lugares do pódio agregando, em conjunto com o AC Milan, 89% dos seguidores.
Finalmente, a Fiorentina foi o clube que apresentou a maior taxa de crescimento (13%) tendo passado de 16.000 para cerca de 18.000 seguidores.
[table id=141 /]
Nota 1: Valores arredondados aos milhares.
Nota 2: Valores recolhidos a 18 de Abril de 2013.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Em termos agregados, verifica-se que o número de fãs dos clubes presentes nesta edição da Liga BBVA cresceu, entre Março e Abril de 2013, cerca de 2% (igual ao período anterior), correspondendo a aproximadamente 1,5 milhões de novos seguidores.
Relativamente ao período anterior, registou-se a subida da Real Sociedad da 15ª para a 14ª posição por troca com o Zaragoza.
Barcelona e Real Madrid ocupam os dois primeiros lugares sendo responsáveis por 98% do total de fãs dos clubes da Liga BBVA. Após estes dois clubes, surge o Malaga com apenas 0,1% do número de fãs do Barcelona.
Finalmente, a Real Sociedad foi o clube que apresentou a maior taxa de crescimento (10%) tendo passado de 20.000 para cerca de 22.000 seguidores.
[table id=140 /]
Nota 1: Valores arredondados aos milhares.
Nota 2: Valores recolhidos a 18 de Abril de 2013.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Relativamente à Ligue 1, entre Março e Abril de 2013, verifica-se que, em termos globais, o número de seguidores dos clubes presentes na edição 12/13 da Liga Francesa cresceu 10% (superior ao período anterior), o que corresponde a cerca de 656.000 novos fãs, principalmente devido ao astronómico crescimento do Paris Saint Germain.
Neste período, o Paris Saint Germain (PSG) assumiu a liderença tendo o Olympique de Marseille passado para o segundo lugar não se tendo registo mais alterações. Os referidos clubes agregam cerca de 72% do total de fãs dos participantes na Ligue 1.
Relativamente à taxa de crescimento, o PSG continua a registar taxas muito elevadas tendo aumentado a sua base de fãs em cerca de 24% durante o período em análise.
[table id=138 /]
Nota 1: Valores arredondados aos milhares.
Nota 2: Valores recolhidos a 18 de Abril de 2013.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Entre Março e Abril de 2013, registou-se um aumento de cerca de 4% (superior ao período anterior) do número total de fãs dos clubes que compõem a Bundesliga, correspondendo a 419 mil novos seguidores. A única alteração registada prendeu-se com a troca de lugares entre o Bayer Leverkusen (11º) e o Fortuna Dusseldorf (12º).
O Bayern Munchen encontra-se na primeira posição com uma distância considerável para os restantes alcançando 54% do total de fãs dos clubes da competição. O Borussia Dortmund e o Schalke 04 ocupam os restantes lugares do pódio agregando, em conjunto com o Bayern, 78% dos seguidores.
Por outro lado, o Borussia Dortmund foi o clube que apresentou a maior taxa de crescimento (6% – alcançou as meias-finais da UEFA Champions League em Abril) sendo que, a totalidade dos clubes apresentaram taxas relativamente estáveis que variaram entre 0% e 4%.
[table id=137 /]
Nota 1: Valores arredondados aos milhares.
Nota 2: Valores recolhidos a 18 de Abril de 2013.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

No seguimento do artigo publicado em Março de 2013, apresentamos o ranking atualizado do número de fãs no Facebook dos clubes que competem na Barclays Premier League 12/13.
Relativamente à totalidade dos clubes, verifica-se que, entre Março e Abril de 2013, o número de fãs cresceu cerca de 2% (igual ao período anterior) atingindo os 84,7 milhões de seguidores.
Não se registaram quaisquer alterações no que respeita às classificações dos clubes. O Manchester United, o Chelsea e o Arsenal continuam a ocupar o pódio, seguidos pelo Liverpool. Em conjunto, os quatro primeiros clubes agregam 89% do total de fãs sendo 39% do Manchester United.
O clube que apresentou a maior taxa de crescimento foi o Wigan ao passar de 30.000 para 32.000 fãs.
[table id=136 /]
Nota 1: Valores arredondados aos milhares.
Nota 2: Valores recolhidos a 18 de Abril de 2013.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

No seguimento do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Football Industry, apresentamos o ranking atualizado do número de fãs no Facebook dos clubes que competem atualmente na Liga ZON Sagres relativo ao mês de Abril de 2013.
Comparativamente com o mês anterior, não se registaram quaisquer alterações nas posições ocupadas pelos clubes.
Em termos agregados, verifica-se que o número de fãs dos clubes presentes nesta edição da Liga cresceu cerca de 1% face ao mês anterior, correspondendo a 36.800 novos seguidores (mais 3.800 que no período anterior) atingindo um total de 3.094.600 fãs.
Em relação aos clubes, o SL Benfica, o FC Porto e o Sporting CP continuam a ocupar o pódio, seguidos pela Académica, sendo que, em termos percentuais, os dois primeiros registaram o mesmo crescimento (1%) e o terceiro um aumento de 2%.  Em conjunto, os três primeiros clubes agregam 95% do total de fãs.
Outro aspeto relevante, prende-se com o facto de o Moreirense e o Estoril terem apresentado as maiores taxas de crescimento tendo ambos, neste período, ultrapassado o milhar de seguidores.
[table id=139 /]
Nota 1: Valores arredondados às centenas.
Nota 2: Valores recolhidos a 18 de Abril de 2013.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Na próxima segunda-feira decorrerá em Old Trafford o 144º confronto em competições oficiais entre o Manchester United e o Manchester City sendo as duas primeiras posições da Barclays Premier League ocupadas, respetivamente, por estes dois clubes, separados por 15 pontos. Como já vem sendo hábito, o Football Industry apresenta um conjunto de quadros comparativos entre ambos os clubes dividido em três áreas distintas: Web, Finanças e Desempenho Desportivo.
O referido comparativo permite-nos ter uma visão global dos dois clubes, da sua dimensão e das possibilidades de ambas as equipas neste confronto e na competição.
WEB
No que diz respeito à componente online, a estratégia do Manchester United difere da adotada pelo seu rival. De facto, o Manchester City procura estar presente em diversas redes sociais tendo atingido já um número interessante de seguidores embora, no que diz respeito ao Facebook, se encontre ainda bastante longe do United. Nesta rede social, o Manchester City apenas apresenta 15% do número de fãs do seu rival. Em relação aos websites dos dois clubes, atualmente, o manutd.com está melhor colocado tanto a nível nacional como internacional.
[table id=91 /]
Nota: O Twitter do Manchester United pertence apenas ao Gabinete de Imprensa do clube.
FINANÇAS
Também ao nível das receitas, o Manchester United apresenta uma situação mais fortalecida ocupando a 3ª posição da Deloitte Football Money League 2013 comparativamente com o 7ª posto do Manchester City. Relativamente à estrutura de receitas dos dois clubes, verifica-se que o City apresenta uma maior dependência face às receitas de direitos televisivos e comerciais enquanto que a estrutura dos reds é mais repartida entre as três áreas. Contudo, nas últimas dez épocas, o Manchester City tem conseguido alcançar um crescimento assinalável, devido ao esforço de crescimento do clube e dos seus proprietários, mais do que triplicando as suas receitas. Verifica-se também que o Manchester United tem apresentado melhores resultados nas competições da UEFA tendo por isso arrecadado receitas superiores através desta via. Simultaneamente, os reds apresentam uma marca mais valiosa e melhores assistências embora o plantel do City seja considerado mais valioso. Finalmente, os blues não apresentaram resultados animadores no seu último relatório e contas, tendo registado um resultado líquido bastante negativo e custos com o pessoal superiores ao do seu rival, embora tendo uma dívida líquida inferior.
[table id=90 /]
DESEMPENHO DESPORTIVO
O Manchester United apresenta também um maior domínio na componente desportiva tendo saído vitorioso por 59 vezes dos 143 confrontos em competições oficiais entre estas equipas comparativamente com os 39 triunfos do Manchester City. Relativamente aos restantes indicadores de desempenho desta época, apresentados na tabela em baixo, verifica-se um maior equilíbrio entre ambas as equipas.
[table id=89 /]
Notas: (1) Dados recolhidos a 31 de Março de 2013; (2) Na contagem dos troféus foram consideradas as seguintes competições: Campeonato do Mundo de Clubes, UEFA Champions League, Supertaça Europeia, Taça das Taças, Taça Intercontinental, Taça UEFA, Liga Inglesa, Supertaça de Inglaterra, Taça da Liga Inglesa e Taça de Inglaterra.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry