Artigos

A KPMG Football Benchmark divulgou esta quinta-feira a sua 5ª edição do relatório sobre o valor económico dos clubes referente a Janeiro de 2020. Deste modo, devido à crise causada pela pandemia do vírus COVID-19, estes valores terão tendência para descer devido aos necessários ajustes do mercado.

À semelhança dos relatórios anteriores, Real Madrid e Manchester United ocupam os dois primeiros lugares do ranking seguidos pelo Barcelona que passou a ocupar a terceira posição que pertencia ao Bayern Munchen, clube que em 27 anos nunca apresentou resultados financeiros negativos.

Outra novidade desta edição prende-se com a inexistência de clubes da Serie A no Top-10 uma vez que a Juventus caiu para o 11º posto.

O Galatasaray foi o clube que mais cresceu face ao ano anterior (49%) seguido do Paris Saint-Germain e Internazionale.

Por outro lado, o Real Madrid assume o 1º lugar pela terceira vez desde 2016 sobretudo devido às três UEFA Champions League conquistadas e um crescimento de 41% nas receitas comerciais. Já o Manchester United manteve o 2º posto devido à força da sua marca e um EBIT acumulado significativo. No 3º lugar, o Barcelona registou um crescimento de 50% nas receitas operacionais e de 52% nas receitas comerciais desde 2016 levando-o assim a subir um lugar face ao ano passado.

No conjunto dos 32 clubes que fazem parte deste ranking, entre 2016 e 2020, o seu valor cresceu sempre (51% acumulado) principalmente devido a um aumento de 44% nas receitas operacionais ao longo deste período. Todas as rúbricas de receitas aumentaram, sendo as receitas televisivas o principal destaque com um incremento de 65% enquanto que as receitas de matchday e comerciais cresceram 22% e 39%, respectivamente. Outro facto importante, passa pela decrescente dependência de 25 dos 32 clubes face às receitas de matchday.

Simultaneamente é importante referir que, ao longo das 5 edições deste relatório, o peso do Top-10 no total do valor económico dos 32 clubes decresceu 4% cifrando-se actualmente nos 66%.

Relativamente aos clubes, em termos percentuais, desde 2016, o Olympique Lyonnais foi o clube cujo valor mais cresceu (193%) seguido do Tottenham e Internazionale. Em termos absolutos, o Liverpool foi quem mais viu crescer o seu valor económico (1.385 milhões de Euros). Por outro lado, o AC Milan foi o único a perder valor ao longo dos anos. No que respeita aos resultados financeiros (EBIT), o Tottenham é o clube de destaque com um valor acumulado de 439 milhões de Euros.

À porta do ranking de 32 clubes de 2020, ficaram o Celtic FC (Escócia), PSV Eindhoven (Holanda), Olympique de Marseille e AS Monaco (França), Fenerbahçe SK (Turquia) e Sporting CP (Portugal).

Ranking do Valor Económico (Top-32)

 

Ranking de Variação do Valor Económico dos Clubes (2016-2020)

 

Ranking de Variação do Valor Económico por País (2016-2020)

Observando os clubes que fizeram parte das edições deste relatório entre 2016 e 2020, e agregando-os pelo país a que pertencem, verifica-se que o valor dos clubes da Ligue 1 tem sido que mais tem subido (74%). Já em termos absolutos, o 1º posto cabe aos clubes da Premier League (6.225 milhões de Euros).

 

Por último, entre 2016 e 2020, os clubes ingleses foram os que mais ganharam peso no total do valor do top-32, agregando 39% do mesmo em 2016 e 41% em 2020.

Siga-nos no Facebook https://www.facebook.com/FootballIndustry e no Instagram https://www.instagram.com/football.industry/

O índice “Football Industry Return on Investment Index” procura analisar o impacto do investimento realizado pelos clubes no mercado de transferências de 2013/14 no seu desempenho na liga nacional. Este impacto é verificado comparando os pontos acumulados pelo clube até ao momento com o número que apresentava em 2012/13, à mesma jornada, sendo esta diferença posteriormente confrontada com o investimento realizado.
A título de exemplo, o Liverpool, à 17ª jornada da época corrente, apresenta um crescimento de 0,23 pontos, face a 2012/13, por cada milhão de Euros investido no mercado de transferências de 2013/14.
[table id=321 /]
NOTAS: (1) Pontos Adicionais por cada Milhão Investido = Diferença Pontual, à mesma jornada, entre 2013/14 e 2012/13 : Investimento realizado no Mercado de Transferências de 2013/14; (2) Taxa de Câmbio 01 Novembro de 2013: 1 GBP = 1,19708 EUR; (3) Apenas foram consideradas as equipas que permaneceram nas ligas analisadas entre 2012/13 e 2013/14; (4) Dados analisados até 24 de Dezembro de 2013: Bundesliga – 17ª jornada, Ligue 1 – 19ª jornada, Liga BBVA – 17ª jornada, Barclays Premier League – 17ª jornada, e Serie A – 17ª jornada.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

No seguimento do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Football Industry, apresentamos o ranking atualizado do número de fãs no Facebook dos clubes que competem na Liga ZON Sagres 13/14 relativo ao mês de Dezembro de 2013.
Comparativamente com o mês anterior, não se registaram quaisquer mudanças de posição.
Em termos agregados, verifica-se que o número de fãs dos clubes presentes nesta edição da Liga cresceu cerca de 3% face ao mês anterior, correspondendo a 116.400 novos seguidores (mais 19.800 que no período anterior) atingindo um total de 3.635.600 fãs.
Em relação aos clubes, o SL Benfica, o FC Porto e o Sporting CP continuam a ocupar o pódio, seguidos pela Académica, sendo que os três primeiros clubes agregam 94% do total de fãs.
Em termos percentuais, o clube que registou a taxa de crescimento mais elevada foi a Académica seguida pelo Belenenses e pelo Estoril Praia.
[table id=316 /]
Nota 1: Valores arredondados às centenas.
Nota 2: Valores recolhidos a 14 de Dezembro de 2013.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Numa altura em que se aproxima o mercado de transferências de Inverno, o Football Industry apresenta-lhe o investimento realizado pelos clubes das 5 principais ligas europeias no verão de 2013 (Barclays Premier League, Bundesliga, Liga BBVA, Ligue 1 e Serie A).
Real Madrid, Monaco, Tottenham, Manchester City e Paris Saint-Germain destacaram-se dos restantes clubes tendo estado envolvidos em transferências milionárias de estrelas como Bale, Isco, Falcao, James Rodriguez, Lamela, Soldado, Fernandinho, Negredo, Cavani e Marquinhos.
[table id=312 /]
Siga-nos no Facebook! http://facebook.com/footballindustry

O Football Industry publica hoje pela primeira vez um ranking que classifica a eficácia das equipas de 7 dos principais campeonatos europeus, nomeadamente, a Barclays Premier League, Ligue 1, Liga BBVA, Bundesliga, Serie A, Eredivisie e Liga ZON Sagres.
A lista apresentada em baixo foi elaborada tendo por base os golos marcados pelos clubes na respetiva liga até 10 de Novembro de 2013, inclusive, o número médio de remates por jogo e o número de jogos realizados.
Neste momento, o Borussia Monchengladbach é a equipa com o maior índice de eficácia (19,0%). No lado oposto encontram-se a Académica de Coimbra (3,7%) e o Tottenham (4,4%) de André Villas-Boas. As equipas portuguesas com o valor mais elevado até ao momento são o Sporting CP (17,2%), GD Estoril Praia (14,8%) e SL Benfica (13,6%).
Em termos agregados, a Bundesliga apresenta a maior média de eficácia de remate (12,1%) seguida da Eredivisie (11,7%), Liga BBVA (10,7%), Serie A (10,6%), Ligue 1 (10,2%), Liga ZON Sagres (9,9%) e Barclays Premier League (9,2%).
[table id=310 /]
NOTA: Dados recolhidos a 10 de Novembro de 2013.

No seguimento do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Football Industry, apresentamos o ranking atualizado do número de fãs no Facebook dos clubes que competem na Liga ZON Sagres 13/14 relativo ao mês de Novembro de 2013.
Comparativamente com o mês anterior, registou-se a subida do Belenenses à 8ª posição por troca com o Vitória FC e a passagem do Gil Vicente para o 11º lugar por troca com o Rio Ave.
Em termos agregados, verifica-se que o número de fãs dos clubes presentes nesta edição da Liga cresceu cerca de 3% face ao mês anterior, correspondendo a 96.600 novos seguidores (mais 3.800 que no período anterior) atingindo um total de 3.519.200 fãs.
Em relação aos clubes, o SL Benfica, o FC Porto e o Sporting CP continuam a ocupar o pódio, seguidos pela Académica, sendo que os três primeiros clubes agregam 94% do total de fãs.
Em termos percentuais, o clube que registou a taxa de crescimento mais elevada foi o Gil Vicente seguido pelo Belenenses e pelo Estoril Praia.
[table id=309 /]
Nota 1: Valores arredondados às centenas.
Nota 2: Valores recolhidos a 10 de Novembro de 2013.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

No seguimento do trabalho que tem vindo a ser desenvolvido pelo Football Industry, apresentamos o ranking atualizado do número de fãs no Facebook dos clubes que competem na Liga ZON Sagres 13/14 relativo ao mês de Outubro de 2013.
Comparativamente com o mês anterior, não se registaram quaisquer mudanças de posição entre os clubes da Liga.
Em termos agregados, verifica-se que o número de fãs dos clubes presentes nesta edição da Liga cresceu cerca de 3% face ao mês anterior, correspondendo a 92.800 novos seguidores (mais 13.000 que no período anterior) atingindo um total de 3.422.600 fãs.
Em relação aos clubes, o SL Benfica, o FC Porto e o Sporting CP continuam a ocupar o pódio, seguidos pela Académica, sendo que os três primeiros clubes agregam 94% do total de fãs.
Em termos percentuais, o clube que registou a taxa de crescimento mais elevada foi o Belenenses seguido pelo Marítimo e pelo Estoril Praia.
[table id=289 /]
Nota 1: Valores arredondados às centenas.
Nota 2: Valores recolhidos a 12 de Outubro de 2013.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Nas últimas épocas tem sido discutido nos diversos campeonatos europeus, a presença de um cada vez menor número de jogadores nacionais nos 11 iniciais das equipas, tendo este facto consequências negativas para as respectivas selecções nacionais.
O Football Industry analisou os 11 iniciais de 148 clubes de 8 campeonatos diferentes nas 3 primeiras jornadas de 2012/2013 e 2013/2014 com o intuito de:
1-Verificar o número médio de jogadores nacionais nas equipas titulares;
2-Analisar a disparidade entre os clubes com maior e menor reputação no que respeita à aposta em jogadores locais;
3-Registar a equipa-tipo de cada campeonato (alinhadas por nacionalidades);
4-Registar as equipas com mais e menos jogadores locais por campeonato; e
5-Verificar a posição ocupada pelos jogadores portugueses escolhidos para o 11 inicial nos jogos da Liga ZON Sagres.
No período analisado, a Eredivisie (Liga Holandesa) foi aquela que apresentou um maior número de jogadores nacionais nos 11 iniciais dos seus clubes, tendo registado um valor médio de 7,3 em 2013/2014 e de 7,0 em 2012/2013. As Ligas Espanhola (Liga BBVA) e Francesa (Ligue 1) completam o pódio tendo apresentado, em média, 6,7 e 5,8 jogadores locais por 11 inicial em 2013/2014. Foram também consideradas a Liga Alemã (Bundesliga), a Liga Belga (Jupiler Pro League), a Liga Inglesa (Barclays Premier League), a Liga Italiana (Serie A) e a Liga Portuguesa (Liga ZON Sagres).
O estudo completo pode ser consultado em baixo.
[gview file=”http://football-industry.com/wp-content/uploads/Nacionalidades_no_11_Inicial.pdf” save=”0″]
Este estudo foi discutido no programa Maisfutebol, da TVI24, no dia 18 de Outubro de 2013.
[youtube id=”reGx-AuMa9I”]
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

No seguimento do artigo publicado em Junho de 2013, apresentamos o primeiro ranking atualizado do número de fãs no Facebook dos clubes que vão competir na Barclays Premier League 13/14.
Relativamente à totalidade dos clubes, com a entrada do Cardiff City, Hull City e Crystal Palace e a saída do Wigan, Reading e Queens Park Rangers, verifica-se que, entre Junho e Julho de 2013, o número de fãs cresceu cerca de 1% (inferior ao período anterior) atingindo os 89,8 milhões de seguidores.
Relativamente às posições ocupadas pelos clubes, não se registaram quaisquer alterações. O Manchester United, o Chelsea e o Arsenal continuam a ocupar o pódio, seguidos pelo Liverpool. Em conjunto, os quatro primeiros clubes agregam 88% do total de fãs sendo 38% do Manchester United.
Os clubes que apresentaram as maiores taxas de crescimento foram o West Bromwich e o Southampton.
[table id=262 /]
Nota 1: Valores arredondados aos milhares.
Nota 2: Valores recolhidos a 22 de Julho de 2013.