Artigos

Na passada quinta-feira, realizou-se o sorteio da fase de grupos da edição de 2013/2014 da UEFA Champions League. Neste sentido, o Football Industry recolheu os prémios de desempenho recebidos pelos clubes participantes nas competições da UEFA entre 2009/2010 e 2012/2013 (não incluem as receitas de market pool).
No documento em baixo, poderá consultar os valores recebidos pelas 32 equipas presentes na fase de grupos da UEFA Champions League 2013/2014 nos últimos quatro anos.
Estes valores permitem-nos também analisar as disparidades entre os grupos sorteados e entre as equipas de cada grupo. Assim, os grupos H (Barcelona, AC Milan, Ajax e Celtic) e D (Bayern Munchen, CSKA Moskva, Manchester City e Viktoria Plzen) são aqueles que, em termos agregados, reúnem o maior montante de prémios da UEFA recebidos nos últimos quatro anos. Paralelamente, o grupo G encontra-se no lado oposto (FC Porto, Zenit, Atlético de Madrid e Austria Wien) reunindo apenas 98,4 milhões de Euros. O grupo D inclui também o cabeça-de-série com o maior peso no total de prémios do seu grupo (Bayern Munchen).
Relativamente à disparidade entre os clubes do mesmo grupo, considerando a diferença do peso de cada clube face ao total de prémios do seu grupo, verifica-se que os grupos F (Arsenal, Borussia Dortmund, Olympique Marseille e Napoli) e C (SL Benfica, Olympiacos, Paris Saint-Germain e Anderlecht) são os mais equilibrados. O grupo A (Manchester United, Shakhtar Donetsk, Bayer Leverkusen e Real Sociedad) encontra-se no polo contrário.
No documento em baixo poderá consultar uma análise mais detalhada.
[gview file=”http://football-industry.com/wp-content/uploads/Prémios_Equipas_Fase_Grupos_CL_13-14.pdf” save=”0″]
Notas: (1) Foram considerados os valores atribuídos pela UEFA aos clubes que participaram na UEFA Champions League e UEFA Europa League entre 2009/10 e 2012/13; (2) Os valores apresentados não incluem as receitas de market pool.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

A UEFA revelou, esta semana, os prémios atribuídos aos clubes que disputaram a edição de 2012/2013 da UEFA Champions League (CL) e da UEFA Europa League (EL).
Neste âmbito, apresentamos de seguida um balanço da prestação dos clubes participantes nestas competições entre as épocas 2009/2010 e 2012/2013 (período após o processo de rebranding da UEFA Cup).
Os prémios atribuídos pela UEFA aos clubes que alcançam a fase de grupos destas competições, assentam nos seguintes pontos (valores de 2012/2013):
1. Prémio de participação: igual para todos os clubes (8,6 milhões de Euros na CL 12/13 e 1,3 milhões de Euros na EL 12/13);
2. Prémios pela performance na Fase de Grupos: 1 milhão de Euros por cada vitória e 500 mil por cada empate na CL 12/13 e 200 mil por cada vitória e 100 mil por cada empate na EL 12/13;
3. Market Pool: valor de direitos televisivos distribuídos de acordo com o valor do mercado televisivo do país de origem do clube;
4. Classificação alcançada na Fase de Grupos (apenas na EL): prémio atribuído ao 1º e 2º classificados de cada grupo (400 mil Euros para o 1º classificado e 200 mil Euros para o 2º);
5. Dezasseis-avos-de-final (apenas na EL): prémio pela passagem a esta fase da prova (200 mil Euros na EL 12/13);
6. Oitavos-de-final: prémio pela passagem a esta fase da prova (3,5 milhões de Euros na CL 12/13 e 350 mil Euros na EL 12/13);
7. Quartos-de-final: prémio pela passagem a esta fase da prova (3,9 milhões de Euros na CL 12/13 e 450 mil Euros na EL 12/13);
8. Meias-finais: prémio pela passagem a esta fase da prova (4,9 milhões de Euros na CL 12/13 e 1 milhão de Euros na EL 12/13);
9. Finalista vencido: 6,5 milhões de Euros na CL 12/13 e 2,5 milhões de Euros na EL 12/13;
10. Vencedor: 10,5 milhões de Euros na CL 12/13 e 5 milhões na EL 12/13;
11. Há também que considerar o Market Pool distribuído pelas equipas que participaram na EL provenientes da CL por terem atingido o 3º lugar na fase de grupos da desta competição.
Desta forma, no período em análise, o Chelsea foi o clube que arrecadou o maior montante entre 2009 e 2013 (178 milhões de Euros). No Top 10 encontram-se três clubes de Inglaterra (Chelsea, Manchester United e Arsenal), três de Itália (AC Milan, Internazionale e Juventus), dois de Espanha (Barcelona e Real Madrid) e dois da Alemanha (Bayern Munchen e Borussia Dortmund). No que respeita às equipas portuguesas, o FC Porto surge no 17º lugar, o SL Benfica em 18º, o SC Braga em 42º e o Sporting CP em 77º.
No período em análise, participaram 146 clubes de 34 países diferentes nestas competições. Analisando a distribuição dos prémios por país, verifica-se que a Inglaterra foi o país que arrecadou o montante mais elevado (647 milhões de Euros) tendo sido representada por onze clubes, seguida da Espanha com 560 milhões de Euros e representada por dez clubes. Portugal, encontra-se no sexto lugar com 161 milhões de Euros tendo sido representado por sete clubes.
No período em análise, a UEFA distribuiu cerca de 3.804 milhões de Euros pelos clubes participantes na fase de grupos em diante destas competições.
TOP 50 – CLUBES QUE RECEBERAM MAIS RECEITAS DA UEFA (09/10 a 12/13)
[table id=263 /]
RESUMO POR PAÍS – Todos os Clubes Participantes entre 09/10 e 12/13 (146 Clubes)
[table id=264 /]
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Entre Maio e Junho de 2013, registou-se um aumento de cerca de 6% (inferior ao período anterior) do número total de fãs dos clubes que competiram na Bundesliga 12/13, correspondendo a cerca de 800 mil novos seguidores. Relativamente às posições ocupadas pelos clubes, não se registaram quaisquer alterações. No próximo mês apresentaremos o primeiro ranking relativo à época 13/14.
O Bayern Munchen encontra-se na primeira posição com uma distância considerável para os restantes alcançando 54% do total de fãs dos clubes da competição. O Borussia Dortmund e o Schalke 04 ocupam os restantes lugares do pódio agregando, em conjunto com o Bayern, 80% dos seguidores.
Por outro lado, o Borussia Dortmund foi novamente o clube que apresentou a maior taxa de crescimento (12%) sendo que, à expepção dos dois primeiros, a maioria dos clubes apresentaram taxas relativamente estáveis que variaram entre 1% e 6%.
[table id=255 /]
Nota 1: Valores arredondados aos milhares.
Nota 2: Valores recolhidos a 23 de Junho de 2013.

Na edição de 2011/2012 da Bundesliga, a Liga Alemã, apenas o Schalke 04 terminou o campeonato na posição correspondente à que ocupou no ranking por salário médio anual pago por jogador nessa época.
De uma perspetiva positiva, o Hannover 96 conseguiu alcançar o 7º posto na competição registando o 13º valor salarial mais elevado entre os 18 clubes da liga alemã. Na perspetiva oposta, o Hamburger e o Koln foram os casos de menor sucesso ficando apenas na 15ª e 17ª posições com o 9º e 11º salários anuais médios por jogador mais elevados, respetivamente.
Globalmente, o salário anual médio por jogador na Bundesliga decresceu 7% entre 2010/2011 e 2011/2012 passando de cerca de 1,63 para 1,38 milhões de Euros. Em 6 dos 16 clubes que se mantiveram na principal divisão do futebol alemão, registou-se uma subida do valor médio pago, sendo o Wolfsburg o caso mais significativo (crescimento de 33%).
Finalmente, é também de salientar a grande diferença entre o valor médio do Bayern Munchen comparativamente com os restantes clubes. O valor do Bayern foi 7,1 vezes superior ao do Augsburg, clube que apresenta o montante mais baixo.
[table id=251 /]
Nota: Taxa de câmbio a 14 de Junho de 2013: 1 GBP = 1,1771 EUR

After the huge on-pitch success of Bayern Munchen this season, the German club took the lead of the 2013 edition of the ranking compiled by Brand Finance which includes the 50 world’s most valuable football brands.
Inversely, Manchester United went on to take the second place in the ranking being, however, beyond Real Madrid, the only team with an AAA+ rating assigned by Brand Finance.
Spanish and Italian clubs have seen their growth be affected by adverse economic conditions. On the other hand, Brazilian and Turkish clubs registered significant growth rates associated with the emerging economies of their countries and the passion of their supporters.
The average growth of the 50 brands within the ranking was 7% adding together a total value of 6,647 million Euros. Currently, the 50 clubs represented are associated with 10 different suppliers of sports equipment (the lead belongs to Adidas with 18 clubs followed by Nike with 14).
[table id=239 /]
The ranking includes clubs from ten different countries being England and Germany the two ones most represented (14 and 8 clubs respectively) aggregating more than 50% of the total value of the 50 brands.
[table id=238 /]
Note: Exchange rate May 29, 2013: 1 USD = 0,772821 EUR.

Após o enorme sucesso desportivo do Bayern Munchen esta temporada, o clube alemão assumiu a liderança da edição de 2013 do ranking elaborado pela Brand Finance que integra os 50 clubes com as marcas mais valiosas do futebol mundial.
No sentido inverso, o Manchester United passou a ocupar o segundo lugar do ranking sendo, no entanto, além do Real Madrid, a única equipa com um rating AAA+ atribuído pela Brand Finance.
Os clubes espanhóis e italianos viram o seu crescimento ser afetado por condições económicas adversas. Por outro lado, os clubes brasileiros e turcos registaram taxas de crescimento significativas associadas às economias emergentes dos seus países e à paixão dos seus adeptos.
O crescimento médio das 50 marcas que integram o ranking foi de 7% somando, em conjunto, um valor total de 6.647 milhões de Euros. Atualmente, os 50 clubes representados estão associados a 10 diferentes fornecedores de equipamento desportivo (a liderança pertence à Adidas com 18 clubes seguida da Nike com 14).
[table id=235 /]
O ranking inclui clubes originários de dez países diferentes sendo a Inglaterra e a Alemanha os dois mais representados (14 e 8 clubes respetivamente) agregando mais de 50% do valor total das 50 marcas.
[table id=236 /]
Nota: Taxa de câmbio 29 Maio de 2013: 1 USD = 0,772821 EUR.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

A Final da UEFA Champions League trata-se do evento desportivo anual com maior audiência televisiva e através das plataformas de media social a nível mundial.
A vitória do FC Bayern München contra o Borussia Dortmund foi transmitida em mais de 200 países para uma audiência global média estimada em 150 milhões e um alcance global de mais de 360 milhões de telespectadores.
O site UEFA.com registou um aumento de tráfego, em termos homólogos, de 13% em visitas e 25% em número de visitantes na página inicial da competição.
A UEFA recorreu também a plataformas digitais chave, tais como o Twitter, o Facebook, o Google+ e o YouTube, ampliando o seu número de seguidores nas redes socias para cerca de 22 milhões.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

UEFA Champions League final is the world’s most-watched annual sporting event on television and social media platforms.
FC Bayern München‘s victory against Borussia Dortmund was broadcasted in more than 200 countries to an estimated global average audience of 150 million and a projected global unique reach of over 360 million viewers.
UEFA.com registered a traffic increase with a 13% year-on-year growth in visits and 25% in visitors to the competition’s homepage.
UEFA also used key digital platforms such as Twitter, Facebook, Google+ and YouTube, extending the number of followers of UEFA’s official social media channels to around the 22 million mark.

After the final of the UEFA Champions League, we present some key figures of the 2012/2013 edition regarding the games, teams and players that took part in this competition.
 
Games: 124
Teams: 32
Players: 704 (average of 22 per team)
Goals: 365 (2.9 per game)
1-15 Minute Goals: 41 (11.1%)
16-30 Minute Goals: 55 (14.9%)
31-45 Minute Goals: 61 (16.5%)
– Additional Time (1st half) Goals: 7 (1.9%)
– 46-60 Minute Goals: 59 (15.9%)
– 61-75 Minute Goals: 57 (15.4%)
– 76-90 Minute Goals: 68 (18.4%)
– Additional Time (2nd half) Goals: 22 (5.9%)
– Extra Time (1st half) Goals: 0 (0%)
– Extra Time (2nd half) Goals: 0 (0%)
– Offsides: 662 (5.3 per game)
– Fouls: 3,395 (27.4 per game)
Corner Kicks: 1,296 (10.5 per game)
– Yellow cards: 545 (4.4 per game)
– Red Cards: 20 (0.2 per game)
Top 3 Best Scorers: 1st – Cristiano Ronaldo, Real Madrid (12 Goals, Accuracy 16%, scored every 90 minutes), 2nd – Robert Lewandowski, Borussia Dortmund (10 goals; Accuracy 22%, scored every 109 minutes); 3rd – Burak Yilmaz, Galatasaray (8 goals, 24% Accuracy, scored every 96 minutes)
Top 3 Players with More Assists: 1st – Zlatan Ibrahimovic, PSG (7), 2nd – Karim Benzema, Real Madrid (5), 3rd – Mesut Ozil, Real Madrid (5)
– Top 3 Players with More Shots on Target: 1st – Cristiano Ronaldo, Real Madrid (53 shots, 4.4 per game), 2nd – Lionel Messi, Barcelona (28 shots, 2.5 per game), 3rd – Robert Lewandowski, Borussia Dortmund (26 shots, 2 per game)
Teams with More Goals per game: 1st – Chelsea, England (2.67), 2nd – Bayern Munchen, Germany (2.38), 3rd – Real Madrid, Spain (2.17)
Goals per Match Finalists: Bayern Munchen, Germany (2.38); Borussia Dortmund, Germany (1.85)
Top 3 Teams with More Shots on Target: 1st – Real Madrid, Spain (135), 2nd – Borussia Dortmund, Germany (115), 3rd – Bayern Munchen, Germany (113)
Commercial Gross Revenues (Euros): 1,340 million
Revenues Distributed to Clubs (Euros): 910 million
 
Follow us on Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Após a final da UEFA Champions League, apresentamos alguns números-chave da edição de 2012/2013 referentes aos jogos, equipas e jogadores que fizeram parte desta competição.
 
– Jogos: 124
– Equipas: 32
– Jogadores: 704 (média de 22 por equipa)
– Golos: 365 (2,9 por jogo)
– Golos Minuto 1-15: 41 (11,1%)
– Golos Minuto 16-30: 55 (14,9%)
– Golos Minuto 31-45: 61 (16,5%)
– Golos Descontos 1ª Parte: 7 (1,9%)
– Golos Minuto 46-60: 59 (15,9%)
– Golos Minuto 61-75: 57 (15,4%)
– Golos Minuto 76-90: 68 (18,4%)
– Golos Descontos 2ª Parte: 22 (5,9%)
– Golos 1ª Parte do Prolongamento: 0 (0%)
– Golos 2ª Parte do Prolongamento: 0 (0%)
– Foras de Jogo: 662 (5,3 por jogo)
– Faltas: 3.395 (27,4 por jogo)
– Cantos: 1.296 (10,5 por jogo)
– Cartões Amarelos: 545 (4,4 por jogo)
– Cartões Vermelhos: 20 (0,2 por jogo)
– Top 3 Melhores Marcadores: 1º – Cristiano Ronaldo, Real Madrid (12 Golos; Eficácia 16%; um golo a cada 90 minutos); 2º – Robert Lewandowski, Borussia Dortmund (10 Golos; Eficácia 22%; um golo a cada 109 minutos); 3º – Burak Yilmaz, Galatasaray (8 Golos; Eficácia 24%; um golo a cada 96 minutos)
– Top 3 Assistências: 1º –Zlatan Ibrahimovic, PSG (7); 2º – Karim Benzema, Real Madrid (5); 3º – Mesut Ozil, Real Madrid (5)
– Top 3 Remates à Baliza: 1º – Cristiano Ronaldo, Real Madrid (53 Remates, 4,4 por jogo); 2º – Lionel Messi, Barcelona (28 Remates, 2,5 por jogo); 3º – Robert Lewandowski, Borussia Dortmund (26 Remates, 2 por jogo)
– Equipas com mais Golos por Jogo: 1º – Chelsea, Inglaterra (2,67); 2º – Bayern Munchen, Alemanha (2,38); 3º –Real Madrid, Espanha (2,17)
– Golos por Jogo Finalistas: Bayern Munchen, Alemanha (2,38); Borussia Dortmund, Alemanha (1,85)
– Top 3 Equipas com mais Remates à Baliza: 1º – Real Madrid, Espanha (135), 2º – Borussia Dortmund, Alemanha (115); 3º – Bayern Munchen, Alemanha (113)
– Receitas Comerciais Brutas (Euros): 1.340 milhões
– Receitas Distribuídas pelos Clubes Participantes (Euros): 910 milhões
[youtube id=”c_iXyL4GvJY”]
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry