Artigos

Luis Suárez, jogador do Liverpool, a cumprir a quarta época no clube, após ter passado pelo Nacional de Montevideo, FC Groningen e Ajax, tem estado em grande forma tendo marcado, até ao momento, 19 golos em 12 jogos oficiais na Barclays Premier League. Neste momento, a par do hispano-brasileiro Diego Costa do Atlético Madrid, o jogador uruguaio é o melhor marcador dos 5 principais campeonatos europeus (Liga BBVA, Ligue 1, Barclays Premier League, Serie A e Bundesliga).
No quadro em baixo, apresentamos alguns dados dos actuais 7 melhores marcadores das referidas ligas. No período analisado, Luis Suárez foi o jogador que apresentou a média de golos por jogo mais elevada (1,6 golos por jogo). Simultaneamente, apresentou também uma significativa taxa de eficácia (25%) apenas inferior à registada por Diego Costa (33%). Finalmente, o jogador uruguaio é, até ao momento, o atleta que mais vezes remata por jogo (6,6 remates) sendo apenas ultrapassado por Cristiano Ronaldo do Real Madrid (7,7 remates).
[table id=318 /]
DATA PROVIDER: WhoScored.com
whoscored_logo
 
 
 
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

In the last seasons has been discussed, in several European leagues, the presence of a continuously decreasing number of national players in clubs’ starting 11 and the negative consequences of this fact on national teams performance.
Football Industry analyzed the starting 11 of 148 clubs from 8 different leagues in the first 3 matchdays of 2012/2013 and 2013/2014 in order to:
1 – Check the average number of national players in clubs’ starting 11;
2 – Analyze the disparity between clubs with higher and lower reputation with regard to their bet on local players;
3-Verify the standard starting 11 of each league (by nationalities);
4-Verify which teams have more and less local players in each league; and
5-Check the field position occupied by the Portuguese players chosen for the starting 11 of the clubs competing in Liga ZON Sagres.
In the analyzed period, Eredivisie (Dutch League) was the one with a higher number of national players in its clubs’ starting 11, recording an average of 7.3 players in 2013/2014 and 7.0 in 2012/2013. The Spanish and French Leagues (Liga BBVA and Ligue 1) complete the podium having presented, on average, 6.7 and 5.8 players in each starting 11 in 2013/2014. The German (Bundesliga), Belgian (Jupiler Pro League), English (Barclays Premier League), Italian (Serie A) and Portuguese (Liga ZON Sagres) leagues were also considered in this research.
A complete version of the study can be read below.
[gview file=”http://football-industry.com/wp-content/uploads/National-Players-in-the-Starting-11-2012-2013-and-2013-2014.pdf” save=”0″]
This research was discussed on the TV show “Maisfutebol“, of TVI24, on the 18th of October.
[youtube id=”reGx-AuMa9I”]
Follow us on Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Nas últimas épocas tem sido discutido nos diversos campeonatos europeus, a presença de um cada vez menor número de jogadores nacionais nos 11 iniciais das equipas, tendo este facto consequências negativas para as respectivas selecções nacionais.
O Football Industry analisou os 11 iniciais de 148 clubes de 8 campeonatos diferentes nas 3 primeiras jornadas de 2012/2013 e 2013/2014 com o intuito de:
1-Verificar o número médio de jogadores nacionais nas equipas titulares;
2-Analisar a disparidade entre os clubes com maior e menor reputação no que respeita à aposta em jogadores locais;
3-Registar a equipa-tipo de cada campeonato (alinhadas por nacionalidades);
4-Registar as equipas com mais e menos jogadores locais por campeonato; e
5-Verificar a posição ocupada pelos jogadores portugueses escolhidos para o 11 inicial nos jogos da Liga ZON Sagres.
No período analisado, a Eredivisie (Liga Holandesa) foi aquela que apresentou um maior número de jogadores nacionais nos 11 iniciais dos seus clubes, tendo registado um valor médio de 7,3 em 2013/2014 e de 7,0 em 2012/2013. As Ligas Espanhola (Liga BBVA) e Francesa (Ligue 1) completam o pódio tendo apresentado, em média, 6,7 e 5,8 jogadores locais por 11 inicial em 2013/2014. Foram também consideradas a Liga Alemã (Bundesliga), a Liga Belga (Jupiler Pro League), a Liga Inglesa (Barclays Premier League), a Liga Italiana (Serie A) e a Liga Portuguesa (Liga ZON Sagres).
O estudo completo pode ser consultado em baixo.
[gview file=”http://football-industry.com/wp-content/uploads/Nacionalidades_no_11_Inicial.pdf” save=”0″]
Este estudo foi discutido no programa Maisfutebol, da TVI24, no dia 18 de Outubro de 2013.
[youtube id=”reGx-AuMa9I”]
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Forbes recently released the list of the 20 best-paid players in 2012. Together, these athletes received more than 332 million Euros representing an increase of 20% compared to 2011.
David Beckham continues to lead the list of the best-paid players having been his best year in terms of commercial revenues. The English player, the oldest of the 20 players on the list, managed to raise about 33.8 million Euros through its sponsorship contracts along with around 5 million in salary and bonuses through his contract with LA Galaxy. These values ​​were mainly due to his relationship with adidas, Coty, Breitling and Chinese Super League since the salary earned in the club is the lowest in the Top 20.
[table id=190 /]
English players are the majority in number and value. The five English players on the list received 91.7 million Euros in 2012 being followed by the three Argentine players (59.6 million euros) and Cristiano Ronaldo (33.4 million Euros) from Portugal.
Regarding the championship(s) in which they played in 2012, the English Premier League (Barclays Premier League) dominates the list of the best-paid players since 12 of the 20 athletes competed in that league during this period (Didier Drogba only for 6 months) aggregating 201.2 million Euros. Spanish (Liga BBVA) and North American (Major League Soccer) leagues complete the podium.
With regard to the age of the players, 40% are less than 29 years-old (received 44% of the total amount in 2012), 20% is 29 years-old (received 17% of the total sum) and 40% have over 29 years-old (received 39% of the total amount). We can also see that 12 of them are forwards, 7 are midfielders and only 1 is a defender (John Terry).
Notes: (1) The amounts received by the athletes include their salary, performance bonuses and sponsorship contracts, (2) Exchange Rate April 26, 2013: 1 USD = 0.767430 EUR; (3) Amounts rounded to hundreds of thousands.
Follow us on Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Nos últimos anos tem-se tornado cada vez mais comum surgirem milionários interessados em adquirir partes do capital de clubes de futebol.
Neste sentido, apresentamos a lista dos 11 proprietários de clubes com maior património na atualidade, de acordo com dados divulgados pela Forbes.
[table id=170 /]
A maioria dos proprietários apresentados na lista são originários dos Estados Unidos da América e da Rússia. Verifica-se também que a maioria optou por investir em clubes pertencentes ao campeonato inglês (Barclays Premier League), espanhol (Liga BBVA) e norte americano (Major League Soccer).
Nota: Taxa de câmbio a 26 Abril de 2013: 1 USD = 0,767430 EUR.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

A Forbes divulgou recentemente a lista dos 20 jogadores mais bem pagos no ano de 2012. Em conjunto, estes atletas receberam mais de 332 milhões de Euros representando um aumento de 20% comparativamente com 2011.
David Beckham continua a liderar a lista dos jogadores mais bem pagos tendo sido o seu melhor ano em termos comerciais. O jogador inglês, o mais velho dos 20 jogadores da lista, conseguiu arrecadar cerca de 33,8 milhões de Euros através dos seus contratos de patrocínio aos quais juntou cerca de 5 milhões de Euros em bónus e salário através dos LA Galaxy. Estes valores deveram-se sobretudo à sua relação com as marcas Adidas, Coty, Breitling e Chinese Super League uma vez que o salário que auferiu no clube é o mais baixo do Top 20.
[table id=168 /]
Os jogadores ingleses encontram-se em maioria tanto em número como em valor. Os 5 jogadores ingleses que fazem parte da lista receberam 91,7 milhões de Euros em 2012 sendo seguidos pelos 3 jogadores argentinos (59,6 milhões de Euros) e Cristiano Ronaldo (33,4 milhões de Euros) de Portugal.
Quanto ao(s) campeonato(s) em que atuaram em 2012, a liga inglesa (Barclays Premier League) domina a lista dos jogadores mais bem pagos uma vez que 12 dos 20 jogadores atuaram na referida liga durante esse período (Didier Drogba apenas durante 6 meses) agregando 201,2 milhões de Euros. As ligas espanhola (Liga BBVA) e norte americana (Major League Soccer) completam o pódio.
Relativamente à idade dos jogadores que compõem a referida lista, verifica-se que 40% tem menos de 29 anos (receberam 44% do valor total em 2012), 20% tem 29 anos (receberam 17% do valor total) e 40% tem mais de 29 anos (receberam 39% do valor total). Observa-se também que 12 deles são avançados, 7 são médios e apenas 1 é defesa (John Terry).
Notas: (1) Os valores recebidos pelos atletas incluem o seu salário, bónus de desempenho e contratos de patrocínio; (2) Taxa de câmbio 26 Abril 2013: 1 USD = 0,767430 EUR; (3) Valores arredondados às centenas de milhar.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry