Artigos

A Barclays Premier League está a ter o início com menos golos desde 2006/2007 tendo sido marcados, até à 8ª jornada de 2013/2014, inclusive, 196 golos (média de 25 por jornada e 2,7 por jogo). Nas últimas 8 épocas, a edição de 2009/2010 foi a que apresentou um maior número de golos até à 8ª jornada (total de 243 golos, média de 30 por jornada e 3,4 por jogo).
Dados até à 8ª jornada, inclusive:
[table id=305 /]
Siga-nos no Facebook: https://www.facebook.com/FootballIndustry

 
Last July, UEFA revealed the prizes awarded to clubs that competed in the 2012/2013 editions of the UEFA Champions League (CL) and UEFA Europa League (EL).
In this context, we present an overview of the performance of the clubs that took part in these competitions between 2009/2010 and 2012/2013 (period after the process of UEFA Cup‘s rebranding).
The prizes awarded by UEFA to clubs that reach the group stage of the competition are based on the following points (2012/2013 amounts):
1.Participation bonus: the same for all clubs (8.6 million Euros in CL 12/13 and 1.3 million Euros in EL 12/13);
2.Performance bonus in the Group Stage: 1 million Euros per win and 500,000 for each draw in CL 12/13 and 200,000 per win and 100,000 for each tie in EL 12/13;
3.Market Pool: amount of the TV rights distributed according to the value of the television market of the club’s country of origin;
4.Place achieved in the Group Stage (only for EL): prize awarded to the 1st and 2nd placed teams of each group (400,000 Euros for the 1st placed and 200,000 Euros for the 2nd one in EL 12/13);
5.Round of 32 (only for EL): bonus for qualifying to this stage of the competition (200,000 Euros in EL 12/13);
6.Round of 16: bonus for qualifying to this stage of the competition (3.5 million Euros in CL 12/13 and 350,000 Euros in EL 12/13);
7.Quarter-finals: bonus for qualifying to this stage of the competition (3.9 million Euros in CL 12/13 and 450,000 Euros in EL 12/13);
8.Semi-finals: bonus for qualifying to this stage of the competition (4.9 million Euros in CL 12/13 and 1 million Euros in EL 12/13);
9.Runners-up: 6.5 million Euros in CL 12/13 and 2.5 million Euros in EL 12/13;
10.Winner: 10.5 million Euros in CL 12/13 and 5 million in EL 12/13;
11.We must also consider the Market Pool distributed to the teams that participated in EL by having reached the 3rd place in the group stage of the CL.
Thus, between 2009/10 and 2012/13, Chelsea was the club earning the largest amount (178 million Euros). In the Top 10 we can find three clubs from England (Chelsea, Manchester United and Arsenal), three from Italy (AC Milan, Internazionale and Juventus), two from Spain (Barcelona and Real Madrid) and two from Germany (Bayern Munchen and Borussia Dortmund). Regarding the Portuguese teams, FC Porto comes in the 17th place, SL Benfica in the 18th, SC Braga in the 42nd and Sporting CP in the 77th one.
In this period, 146 clubs from 34 countries took part in these competitions. When analyzing the bonus distribution by country, it turns out that England was the country raising the highest amount (647 million Euros) being represented by 11 clubs, followed by Spain with 560 million Euros and 10 clubs. Portugal comes in the 6th place with 161 million Euros and 7 clubs.
During these 4 seasons, UEFA distributed about 3,804 million Euros to the clubs that took part in the group stages and onwards of these competitions.
 
 
TOP 50 – CLUBS THAT RECEIVED MORE REVENUES FROM UEFA (09/10 to 12/13)
[table id=290 /]
REVENUES BY COUNTRY – All the participating teams between 09/10 and 12/13 (146 Clubs)
[table id=291 /]
Follow us on Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry
 

A UEFA revelou, esta semana, os prémios atribuídos aos clubes que disputaram a edição de 2012/2013 da UEFA Champions League (CL) e da UEFA Europa League (EL).
Neste âmbito, apresentamos de seguida um balanço da prestação dos clubes participantes nestas competições entre as épocas 2009/2010 e 2012/2013 (período após o processo de rebranding da UEFA Cup).
Os prémios atribuídos pela UEFA aos clubes que alcançam a fase de grupos destas competições, assentam nos seguintes pontos (valores de 2012/2013):
1. Prémio de participação: igual para todos os clubes (8,6 milhões de Euros na CL 12/13 e 1,3 milhões de Euros na EL 12/13);
2. Prémios pela performance na Fase de Grupos: 1 milhão de Euros por cada vitória e 500 mil por cada empate na CL 12/13 e 200 mil por cada vitória e 100 mil por cada empate na EL 12/13;
3. Market Pool: valor de direitos televisivos distribuídos de acordo com o valor do mercado televisivo do país de origem do clube;
4. Classificação alcançada na Fase de Grupos (apenas na EL): prémio atribuído ao 1º e 2º classificados de cada grupo (400 mil Euros para o 1º classificado e 200 mil Euros para o 2º);
5. Dezasseis-avos-de-final (apenas na EL): prémio pela passagem a esta fase da prova (200 mil Euros na EL 12/13);
6. Oitavos-de-final: prémio pela passagem a esta fase da prova (3,5 milhões de Euros na CL 12/13 e 350 mil Euros na EL 12/13);
7. Quartos-de-final: prémio pela passagem a esta fase da prova (3,9 milhões de Euros na CL 12/13 e 450 mil Euros na EL 12/13);
8. Meias-finais: prémio pela passagem a esta fase da prova (4,9 milhões de Euros na CL 12/13 e 1 milhão de Euros na EL 12/13);
9. Finalista vencido: 6,5 milhões de Euros na CL 12/13 e 2,5 milhões de Euros na EL 12/13;
10. Vencedor: 10,5 milhões de Euros na CL 12/13 e 5 milhões na EL 12/13;
11. Há também que considerar o Market Pool distribuído pelas equipas que participaram na EL provenientes da CL por terem atingido o 3º lugar na fase de grupos da desta competição.
Desta forma, no período em análise, o Chelsea foi o clube que arrecadou o maior montante entre 2009 e 2013 (178 milhões de Euros). No Top 10 encontram-se três clubes de Inglaterra (Chelsea, Manchester United e Arsenal), três de Itália (AC Milan, Internazionale e Juventus), dois de Espanha (Barcelona e Real Madrid) e dois da Alemanha (Bayern Munchen e Borussia Dortmund). No que respeita às equipas portuguesas, o FC Porto surge no 17º lugar, o SL Benfica em 18º, o SC Braga em 42º e o Sporting CP em 77º.
No período em análise, participaram 146 clubes de 34 países diferentes nestas competições. Analisando a distribuição dos prémios por país, verifica-se que a Inglaterra foi o país que arrecadou o montante mais elevado (647 milhões de Euros) tendo sido representada por onze clubes, seguida da Espanha com 560 milhões de Euros e representada por dez clubes. Portugal, encontra-se no sexto lugar com 161 milhões de Euros tendo sido representado por sete clubes.
No período em análise, a UEFA distribuiu cerca de 3.804 milhões de Euros pelos clubes participantes na fase de grupos em diante destas competições.
TOP 50 – CLUBES QUE RECEBERAM MAIS RECEITAS DA UEFA (09/10 a 12/13)
[table id=263 /]
RESUMO POR PAÍS – Todos os Clubes Participantes entre 09/10 e 12/13 (146 Clubes)
[table id=264 /]
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

It is a thought that comes up often among those who follow football and discusses it daily: “teams, after being eliminated in the UEFA competitions, tend to show a poorer form.” Is this statement true?
In this context, Football Industry analyzed the performance of the 240 teams that participated in the last three editions of the UEFA Champions League and UEFA Europa League (2009/2010, 2010/2011 and 2011/2012) in the three games before their elimination in these competitions comparing them with the three games held after this event.
In the three seasons analyzed, the majority of the teams presented a poorer form after being eliminated in the UEFA competitions. Thus, in 2009/2010, 43% of the teams had worse outcomes after finishing their participation in these competitions. This value was 48% in 2010/2011 and 40% in 2011/2012.
Overall, the values ​​are the following ones:
[table id=150 /]
However, these values ​​differ depending on the league in which the team participates. Thus, we present below, the analysis of the performance of the teams after their elimination in UEFA competitions, by country:
[table id=151 /]
Regarding the leagues considered more competitive, the so-called Big 5 (Germany, Spain, France, England and Italy), we can observe that most of the teams from Germany, Spain and Italy had poorer results, while in the case of the English teams there is an equal number of clubs with a better and worse record and, in the case of the French teams, they tend to register better results after being eliminated from UEFA competitions.
Overall, in 15 of the 33 countries, clubs experienced a poorer form, in 8 cases better results, and in 2 there were no changes. In other countries there were equal percentages in two or more fields (eg. equal number of teams that have improved and worsened their form).
 
Notes: (1) UEFA competitions matches were not considered in the analysis of the performance of the teams before and after their elimination in these competitions (only were considered national competitions), (2) The analysis was performed from the group stage of the UEFA Champions League and UEFA Europa League onwards.
Follow us on Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

É um pensamento que surge frequentemente entre quem acompanha o futebol e o discute diariamente: “as equipas, após serem eliminadas nas competições da UEFA, tendem a apresentar uma quebra de forma”. Será esta afirmação verdadeira?
Neste âmbito, o Football Industry analisou o desempenho das 240 equipas que participaram nas últimas três edições da UEFA Champions League e da UEFA Europa League (2009/2010, 2010/2011 e 2011/2012) nos três jogos que antecederam a sua eliminação nestas competições comparando-os com os três jogos realizados após a referida eliminação.
Nas três épocas analisadas, a maioria das equipas registou uma quebra de forma após ser eliminada das competições da UEFA. Assim, em 2009/2010, 43% das equipas registou piores resultados após terminar a sua participação nas referidas competições, tendo este valor sido de 48% em 2010/2011 e de 40% em 2011/2012.
Em termos globais, os valores são os seguintes:
[table id=134 /]
No entanto, estes valores diferem consoante o campeonato no qual as equipas estão incluídas. Deste modo, apresentamos em baixo, a análise do desempenho das equipas, após a eliminação, por país:
[table id=135 /]
Relativamente aos campeonatos considerados mais competitivos, os Big 5 (Alemanha, Espanha, França, Inglaterra e Itália), verifica-se que a maioria das equipas alemãs, espanholas e italianas registaram uma quebra de forma, enquanto que no caso de Inglaterra a percentagem de equipas com pior e melhor registo se iguala e, no caso das equipas francesas, estas tenderam a registar uma melhoria de forma.
Globalmente, em 15 dos 33 países, os clubes registaram uma quebra de forma, em 8 dos casos melhores resultados, e em 2 não se registaram quaisquer alterações. Nos restantes países verificaram-se percentagens iguais em duas ou mais opções (exemplo: número igual de equipas que pioraram e melhoraram de forma).
 
Notas: (1) Os jogos das competições da UEFA não foram considerados na análise do desempenho das equipas antes e após a eliminação na prova (apenas foram consideradas competições nacionais); (2) Análise realizada a partir da fase de grupos da UEFA Champions League e da UEFA Europa League, inclusive.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry
Se pretender um relatório mais alargado, por favor, contacte a equipa do Football Industry através do email webmaster@football-industry.com.