Atualmente, a Major League Soccer (MLS) é considerada pela International Federation of Football History & Statistics (IFFHS) apenas a 37ª liga mais forte do Mundo. No entanto, a MLS tem atraído nos últimos anos algumas estrelas que fizeram a maior parte da sua carreira nas principais ligas europeias contribuindo para o fortalecimento da modalidade nos Estados Unidos da América e no Canadá.
Numa altura em que se iniciou a época de 2013, o Football Industry apresenta uma análise dos salários dos jogadores da época de 2012 relacionando-os com a sua participação na competição.
A MLS Players Union revela periodicamente os salários dos jogadores deste campeonato, representando uma ação única no mundo do futebol, indicando como dois dos principais argumentos o facto de permitir que exista uma maior equidade entre os jogadores e se premeiem aqueles que mais contribuem para a evolução da MLS e o maior poder negocial dos jogadores através desta entidade.
20 Jogadores mais bem pagos da MLS 2012
Na tabela seguinte, encontram-se os 20 jogadores com os salários base anuais mais elevados da MLS 2012. Neste ranking verifica-se, sobretudo no Top 10, uma grande predominância de jogadores que fizeram a maior parte da sua carreira na Europa, como são os casos de Thierry Henry, Rafael Marquez e David Beckham. Observa-se também uma diferença significativa entre o mais bem pago (Thierry Henry, 3,8 milhões de Euros) e o 10º do ranking (Kenny Miller, 934 mil Euros). Nesta tabela, 10 jogadores são médios, 9 são avançados e 1 é defesa. Os New York Red Bulls, os LA Galaxy e os Toronto FC são os clubes mais representados.
[table id=58 /]
20 Jogadores com o Salário por Minuto mais Elevado da MLS 2012
Relacionando o salário base anual dos jogadores com a sua utilização ao longo da época, calculámos o salário por minuto dos atletas da MLS 2012 construindo o Top 20 deste indicador (apenas foram considerados os jogadores que atuaram pelo menos 90 minutos ao longo da época). Assim, observa-se que Rafael Marquez foi o jogador que mais recebeu por minuto de utilização seguido de Tim Cahill e Bakary Soumare que apenas jogou 90 minutos. Desta lista, 13 dos 20 jogadores fazem parte do grupo dos 20 jogadores mais bem pagos apresentado anteriormente.
[table id=59 /]
Salários dos Clubes da MLS 2012
Analisando os clubes que participaram na MLS 2012, nota-se uma grande disparidade entre os New York Red Bulls e La Galaxy e os restantes clubes da MLS. Verifica-se também que a posição dos clubes neste ranking não se traduziu totalmente na sua classificação na fase regular (classificação agregada das conferências) embora, na fase seguinte, os New York Red Bulls tenham atingido as meias-finais e os LA Galaxy tenham vencido a competição. Nesta edição da MLS, a base salarial anual média por clube foi de 3,4 milhões de Euros e de 119 mil Euros por jogador.
Outro aspeto importante, prende-se com o facto de os 3 jogadores com o salário mais elevado do plantel dos New York Red Bulls terem representado 83% do total dos salários base dos seus jogadores, sendo este valor de 77% no caso dos LA Galaxy.
[table id=60 /]
Salários por Minuto dos Clubes da MLS 2012
Por último, analisámos o salário médio por minuto dos jogadores da MLS 2012 por clube. À semelhança da tabela anterior, os New York Red Bulls e os LA Galaxy surgem nas duas primeiras posições com um salário médio por minuto de utilização de 366 e 212 Euros, respetivamente.
[table id=61 /]
Notas: (1) Dados de 01 de Outubro de 2012; (2) Taxa de câmbio 15 Março 2013: 1 USD = 0,764550 EUR; (3) Para efeitos de análise e simplificação apenas foram utilizados os salários base dos jogadores; (4) Não foram considerados os jogadores que não somaram mais de 90 minutos de utilização em 2012; (5) Para efeitos de apresentação da classificação na fase regular foram agregadas as duas conferências.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

0 replies

Leave a Reply

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *