Artigos

Forbes recently released the list of the 20 best-paid players in 2012. Together, these athletes received more than 332 million Euros representing an increase of 20% compared to 2011.
David Beckham continues to lead the list of the best-paid players having been his best year in terms of commercial revenues. The English player, the oldest of the 20 players on the list, managed to raise about 33.8 million Euros through its sponsorship contracts along with around 5 million in salary and bonuses through his contract with LA Galaxy. These values ​​were mainly due to his relationship with adidas, Coty, Breitling and Chinese Super League since the salary earned in the club is the lowest in the Top 20.
[table id=190 /]
English players are the majority in number and value. The five English players on the list received 91.7 million Euros in 2012 being followed by the three Argentine players (59.6 million euros) and Cristiano Ronaldo (33.4 million Euros) from Portugal.
Regarding the championship(s) in which they played in 2012, the English Premier League (Barclays Premier League) dominates the list of the best-paid players since 12 of the 20 athletes competed in that league during this period (Didier Drogba only for 6 months) aggregating 201.2 million Euros. Spanish (Liga BBVA) and North American (Major League Soccer) leagues complete the podium.
With regard to the age of the players, 40% are less than 29 years-old (received 44% of the total amount in 2012), 20% is 29 years-old (received 17% of the total sum) and 40% have over 29 years-old (received 39% of the total amount). We can also see that 12 of them are forwards, 7 are midfielders and only 1 is a defender (John Terry).
Notes: (1) The amounts received by the athletes include their salary, performance bonuses and sponsorship contracts, (2) Exchange Rate April 26, 2013: 1 USD = 0.767430 EUR; (3) Amounts rounded to hundreds of thousands.
Follow us on Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

A Forbes divulgou recentemente a lista dos 20 jogadores mais bem pagos no ano de 2012. Em conjunto, estes atletas receberam mais de 332 milhões de Euros representando um aumento de 20% comparativamente com 2011.
David Beckham continua a liderar a lista dos jogadores mais bem pagos tendo sido o seu melhor ano em termos comerciais. O jogador inglês, o mais velho dos 20 jogadores da lista, conseguiu arrecadar cerca de 33,8 milhões de Euros através dos seus contratos de patrocínio aos quais juntou cerca de 5 milhões de Euros em bónus e salário através dos LA Galaxy. Estes valores deveram-se sobretudo à sua relação com as marcas Adidas, Coty, Breitling e Chinese Super League uma vez que o salário que auferiu no clube é o mais baixo do Top 20.
[table id=168 /]
Os jogadores ingleses encontram-se em maioria tanto em número como em valor. Os 5 jogadores ingleses que fazem parte da lista receberam 91,7 milhões de Euros em 2012 sendo seguidos pelos 3 jogadores argentinos (59,6 milhões de Euros) e Cristiano Ronaldo (33,4 milhões de Euros) de Portugal.
Quanto ao(s) campeonato(s) em que atuaram em 2012, a liga inglesa (Barclays Premier League) domina a lista dos jogadores mais bem pagos uma vez que 12 dos 20 jogadores atuaram na referida liga durante esse período (Didier Drogba apenas durante 6 meses) agregando 201,2 milhões de Euros. As ligas espanhola (Liga BBVA) e norte americana (Major League Soccer) completam o pódio.
Relativamente à idade dos jogadores que compõem a referida lista, verifica-se que 40% tem menos de 29 anos (receberam 44% do valor total em 2012), 20% tem 29 anos (receberam 17% do valor total) e 40% tem mais de 29 anos (receberam 39% do valor total). Observa-se também que 12 deles são avançados, 7 são médios e apenas 1 é defesa (John Terry).
Notas: (1) Os valores recebidos pelos atletas incluem o seu salário, bónus de desempenho e contratos de patrocínio; (2) Taxa de câmbio 26 Abril 2013: 1 USD = 0,767430 EUR; (3) Valores arredondados às centenas de milhar.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Esta terça-feira terá lugar em Old Trafford um embate entre dois gigantes do futebol mundial, Manchester United e Real Madrid. Em causa está a passagem aos quartos-de-final da UEFA Champions League após o empate a um golo na primeira mão. O Football Industry apresenta um conjunto de quadros comparativos entre ambos os clubes dividido em três áreas distintas: Web, Finanças e Performance Desportiva.
O referido comparativo permite-nos ter uma visão global dos dois clubes, da sua dimensão e das possibilidades de ambas as equipas.
WEB
Manchester United e Real Madrid apresentam estratégias diferentes no que respeita às redes sociais. Enquanto que o primeiro aposta apenas no Facebook, o Real Madrid está presente num maior número de plataformas de media social tendo mais seguidores do que o Manchester United, inclusive no Facebook. Em relação aos websites dos dois clubes, tanto a nível internacional como local, o manutd.com apresenta-se numa melhor posição.
[table id=49 /]
FINANÇAS
A nível financeiro, o Real Madrid apresenta uma situação mais fortalecida sendo o clube que apresenta as maiores receitas a nível mundial tendo ultrapassado pela primeira vez a fasquia dos 500 milhões de Euros em 2011/2012. Simultaneamente, apresenta também uma dívida líquida inferior à do Manchester United. No entanto, o valor da marca do clube inglês é considerado superior e tem obtido melhores resultados nas competições da UEFA recebendo assim montantes superiores aos do Real Madrid por esta via. Finalmente, o valor de mercado do plantel do Real Madrid é superior e o Manchester United tem apresentado uma assistência média mais elevada em 2012/2013.
[table id=50 /]
PERFORMANCE DESPORTIVA
Relativamente à componente desportiva, o Real Madrid apresenta um maior domínio tendo saído vitorioso por três vezes dos nove confrontos entre ambos comparativamente com dois triunfos do Manchester United. Os plantéis dos dois clubes apresentam características e uma forma recente semelhantes. Finalmente, observa-se também que o Real Madrid tem apresentado um volume ofensivo superior ao do Manchester United na corrente edição da UEFA Champions League.
[table id=51 /]
 
Notas: (1) Dados recolhidos a 02 de Março de 2013; (2) Na contagem dos troféus foram consideradas as seguintes competições: Campeonato do Mundo de Clubes, Campeonato Espanhol, UEFA Champions League, Supertaça Espanhola, Supertaça Europeia, Taça da Liga Espanhola, Taça das Taças, Taça do Rei, Taça Intercontinental, Taça UEFA, Liga Inglesa, Supertaça de Inglaterra, Taça da Liga Inglesa e Taça de Inglaterra.
Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry