Deloitte Football Money League 2005-2013 – Parte 10

Deloitte_Football_Money_League_2005_2013

PARTE 1 – ANÁLISE GLOBAL

Foi recentemente publicado o relatório “Deloitte Football Money League 2013″ relativo à época 2011/2012. Este estudo, desenvolvido pela consultora Deloitte, analisa as principais receitas operacionais dos clubes nas quais se incluem as que se relacionam com bilheteira, direitos televisivos e comerciais (patrocínios, publicidade e merchandising) não considerando as receitas com transferências de jogadores.

Na edição de 2013, o Real Madrid tornou-se o primeiro clube do Mundo a ultrapassar a barreira dos 500 milhões de Euros em receitas liderando o ranking desde 2006 e tendo mais do que duplicado as referidas rúbricas nos últimos oito anos. Simultaneamente, os clubes que compõem os primeiros seis lugares permaneceram os mesmos pelo quinto ano consecutivo.

Globalmente, os clubes do Top 20, geraram mais de 4,8 mil milhões de Euros correspondendo a um aumento de 10% face à época 2010/2011 sendo responsáveis por mais de um quarto das receitas totais do mercado europeu de futebol. O crescimento verificado é notável tendo em conta a situação económica actual sendo apenas ultrapassado pelo verificado na edição de 2008.

As principais alterações verificadas prenderam-se com a subida do Manchester City do 12º para o 7º posto, a passagem da Juventus da 13ª para a 10ª posição, a subida do Borussia Dortmund do 16º para o 11º lugar e a passagem do Napoli do 20º para o 15º posto. É também importante salientar a descida do Internazionale do 8º para o 12º lugar, do Tottenham do 13º para o 11º, do Schalke 04 do 10º para o 14º e da AS Roma do 15º para o 19º lugar.

Outro aspecto relevante é o facto de sete dos clubes presentes no ranking de 2013, terem registado quebras nas suas receitas face ao ano anterior. Contudo, este decréscimo deveu-se sobretudo a um decréscimo nas receitas de bilheteira e direitos televisivos no seguimento de um menor sucesso desportivo. Um exemplo desta situação é o Internazionale que registou uma quebra de 12% nas suas receitas após ter alcançado o sexto lugar no campeonato e os oitavos-de-final na UEFA Champions League em 2011/2012 comparativamente com o segundo lugar no campeonato e os quartos-de-final da UEFA Champions League alcançados na época anterior. O exemplo oposto é o Manchester City que aumentou as suas receitas em 68%, ascendendo cinco lugares no ranking, tendo mais do que duplicado as suas receitas comerciais e aumentado também significativamente as restantes pelas suas melhores prestações desportivas (conquista do campeonato, participação na fase de grupos da UEFA Champions League e oitavos-de-final da UEFA Europa League em 2011/2012).

Outra novidade prende-se com a presença do Corinthians no grupo de clubes logo após o Top 20 como representante dos campeonatos não europeus devido a um aumento das receitas comerciais e de direitos televisivos dos principais clubes Brasileiros, facto que não é alheio à realização do Campeonato do Mundo no Brasil em 2014.

1. Ranking Deloitte Football Money League 2005-2013 (valor e taxa de crescimento)

Apresentam-se de seguida os clubes que fizeram parte do Top 20 entre 2005 e 2013. Verifica-se que do Top 6 de 2013, o Barcelona é o clube que tem apresentado um crescimento médio mais elevado (14%) tendo o seu rival Real Madrid crescido, em média, 10% por ano. Globalmente, o Manchester City e o Borussia Dortmund apresentaram as taxas médias mais elevadas embora o segundo tenha feito parte do ranking apenas por 3 vezes durante o período em análise.

#
Clube
2013
Var. (%)
2012
Var. (%)
2011
Var. (%)
2010
Var. (%)
2009
Var. (%)
2008
Var. (%)
2007
Var. (%)
2006
Var. (%)
2005
Var (%) Média (05-13)
1Real Madrid512,66,9%479,59,3%438,69,3%401,49,7%365,84,2%351,020,1%292,26,0%275,716,8%236,010,3%
2Barcelona483,07,2%450,713,2%398,18,8%365,918,5%308,86,4%290,112,0%259,124,6%207,922,9%169,214,2%
3Manchester United395,97,9%367,04,9%349,87,0%327,00,7%324,83,0%315,229,9%242,6-1,5%246,4-4,9%259,05,9%
4Bayern Munich368,414,6%321,4-0,5%323,011,6%289,5-2,0%295,332,2%223,39,1%204,78,0%189,514,0%166,310,9%
5Chelsea322,629,1%249,8-2,4%255,95,6%242,3-9,9%268,9-5,0%283,028,1%221,00,1%220,81,8%217,05,9%
6Arsenal290,315,6%251,1-8,4%274,14,2%263,0-0,5%264,40,2%263,937,2%192,412,3%171,3-1,3%173,67,4%
7Manchester City285,668,4%169,611,0%152,849,5%102,2-1,7%104,089,4-0,8%90,1-3,6%93,520,5%
8AC Milan256,99,3%235,1-0,3%235,820,0%196,5-6,2%209,5-7,8%227,2-4,8%238,72,0%234,05,3%222,32,2%
9Liverpool233,214,7%203,3-9,8%225,33,8%217,02,9%210,96,0%198,913,0%176,0-2,9%181,229,9%139,57,2%
10Juventus195,427,0%153,9-24,9%205,00,9%203,221,3%167,515,4%145,2-42,2%251,29,5%229,46,7%215,01,7%
11Borussia Dortmund189,136,5%138,531,7%105,21,6%103,579,023,3%
12Internazionale185,9-12,1%211,4-6,0%224,814,4%196,513,6%172,9-11,3%195,0-5,6%206,616,6%177,26,4%166,52,0%
13Tottenham Hotspur178,2-1,5%181,023,7%146,310,2%132,7-8,5%145,0-5,3%153,142,8%107,22,6%104,54,4%100,18,6%
14Schalke 04174,5-13,8%202,444,8%139,812,3%124,5-16,1%148,429,8%114,3-7,0%122,926,2%97,46,6%91,410,3%
15Napoli148,429,2%114,920,8%95,15,5%90,118,5%
16Olympique de Marseille135,7-9,8%150,46,6%141,15,9%133,25,0%126,828,1%99,088,07,2%
17Olympique Lyonnais131,9-0,7%132,8-9,1%146,14,7%139,6-10,3%155,710,7%140,610,1%127,737,5%92,96,1%
18Hamburger SV121,1-6,0%128,8-11,9%146,2-0,3%146,714,7%127,96,2%120,418,3%101,83,5%
19AS Roma115,9-19,2%143,517,0%122,7-16,2%146,4-16,5%175,411,3%157,624,1%127,0-3,6%131,821,1%108,82,2%
20Newcastle United115,317,7%98,0101,0-19,6%125,6-2,9%129,44,1%124,3-3,6%128,9-5,6%136,6-1,7%
21Valencia111,1-4,9%116,817,6%99,3107,686,66,4%
22SL Benfica111,18,4%102,54,4%98,285,16,4%
23Atlético Madrid107,98,0%99,9-19,8%124,524,1%100,34,1%
24VfB Stuttgart103,28,1%95,5-16,8%114,815,0%99,8-10,5%111,5-1,1%
25Everton99,59,6%90,8-6,0%96,63,3%93,588,82,3%
26Aston Villa98,6-0,7%99,3-9,2%109,410,6%98,984,40,2%
27Werder Bremen99,73,3%96,5-15,9%114,797,3-6,3%
28West Ham United87,6-1,9%89,386,9-1,9%
29Fenerbahce87,0-21,8%111,3-21,8%
30Celtic111,892,7-11,0%104,2-11,0%
31Rangers88,58,5%81,6-5,3%86,21,6%
32Lazio83,1-16,4%99,4-16,4%
TOTAL TOP 204.839,910,0%4.401,93,0%4.274,18,3%3.946,80,7%3.920,55,3%3.723,911,3%3.345,36,9%3.128,25,8%2.957,06,4%

Nota: valores em milhões de Euros.

2.Evolução da posição no ranking 2005-2013

Apresentamos também a evolução da posição dos clubes no ranking da Deloitte que fizeram parte do mesmo entre 2005 e 2013. Na tabela em baixo é possível constatar o crescimento de alguns clubes como o Manchester City (20º lugar em 2009 vs. 7º lugar em 2013)  e o Borussia Dortmund (18º lugar em 2010 vs. 11º lugar em 2013) ao longo dos anos analisados.

#
Clube
2013
2012
2011
2010
2009
2008
2007
2006
2005
Posição Média
Nº de Presenças
1Real Madrid11111111219
2Manchester United33332242139
3Barcelona22223326739
4Chelsea56665465459
5Bayern Munich44444787969
6Arsenal655565910669
7AC Milan877108653369
8Liverpool9987781081089
9Juventus1013108111234589
10Internazionale1289910979899
11Tottenham Hotspur131112151410151314139
12AS Roma19151812911121112139
13Olympique Lyonnais1717141312131115148
14Schalke 04141016161316141417149
15Manchester City712111920171716158
16Borussia Dortmund111618153
17Hamburger SV18181311151516157
18Newcastle United20201714131211157
19Celtic171613153
20Olympique de Marseille16141514161918167
21Atlético Madrid17171
22Napoli1520182
23Lazio2015182
24Everton18181
25VfB Stuttgart1918192
26Rangers1819192
27Werder Bremen1720192
28Valencia191819193
29Fenerbahce19191
30West Ham United19191
31SL Benfica20201
32Aston Villa2020202

 

Ir para Deloitte Football Money League 2005-2013 – Parte 2

Siga-nos no Facebook! https://www.facebook.com/FootballIndustry

Nuno Bolas

Escrito por: Nuno Bolas

Consultor e Analista, Mestre em Gestão pela NOVA - School of Business and Economics.

Deixe uma opinião


*

Pode usar algumas das tags HTML e atributos: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>